I - O Encontro

Começar do início

Sanches, sentado ao lado dele, comentou boquiaberto:

– Uau! Hombre, agora sim o curso vai ser mais interessante, com uma novidade dessas!

– Também estou surpreso. Ela é linda demais!

O coordenador, vendo a surpresa da turma com a presença da jovem, a apresentou:

– Esta é a nova aluna que veio transferida da Costa Leste. Quero que conheçam Zara.

Os alunos homens se levantaram e, todos animados, começaram a bater palmas dando as boas-vindas à nova integrante do curso. O professor Carlsson Glein ficou sem graça e, tossiu pigarreando para quebrar o clima e iniciar a aula.

– Vou deixá-lo a sós com a sua turma, Doutor Glein. Espero que eles gostem de Cosmologia – disse o Doutor Finken.

Zara olhou para a turma e agradeceu sorrindo. Fitou Nícolas nos olhos, como se estivesse desvendando a alma dele. Em seguida, dirigiu-se à única carteira vazia da sala, ao lado do garoto.

– Pode deixar por minha conta. Tenho certeza que eles gostarão de estudar, pois o conhecimento do Universo é extraordinário – disse o Doutor Glein, ao se despedir do coordenador.

Ele se apresentou à turma e começou a explicar de que se tratava a matéria que iria ministrar.

– Como disse o nobre Doutor Finken, sou formado em Física, com Doutorado em Cosmologia. Hoje, na primeira aula, farei uma breve introdução sobre os conhecimentos do espaço sideral. Entretanto, antes, gostaria que todos na turma se apresentassem para ficarmos mais à vontade durante nosso curso. Podem iniciar suas apresentações começando pelo primeiro da fila à esquerda.

Os estudantes iniciaram suas apresentações, até que chegou a vez de Nícolas, que se levantou:

– Meu nome é Nícolas, mas pode me chamar de Nick. O pessoal da faculdade me chama de nerd, mas não gosto de rótulos. Sonho em ser um grande físico e viajar ao espaço.

Todos começaram a rir, e um aluno chamado Adam, um verdadeiro pentelho, disse em tom irônico:

– Você deveria ser um astronauta. Creio que esteja no curso errado, Garoto da Lua!

– Sem mais comentários – intercedeu o professor. – Peço que sejam breves ou não conseguiremos terminar as apresentações.

Assim que ele se sentou, observou que Zara o fitava.

– Prazer em conhecê-lo, Nícolas.

– Oi. O prazer é to...todo meu – disse o garoto gaguejando, todo vermelho.

– Nícolas, não se preocupe em buscar no espaço como realizar os seus sonhos – disse Zara em voz baixa, enquanto outro aluno se apresentava. – Às vezes, o que desejamos pode estar ao nosso lado.

Ele emudeceu, mergulhando mais fundo na sua timidez sem entender o que ela queria dizer:

– Caramba, a garota mais linda do campus falando comigo! Não acredito... – Ele murmurou, sem acreditar em tamanha sorte.


Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.
Os Filhos do Tempo - Vencedor do Prêmio #WattysLeia esta história GRATUITAMENTE!