11-Conhecendo cadelas

3.1K 165 23
                                    

Quando chegamos a casa de Mistress Freya ela ja estava a espera no portão, a casa de mistress do lado de fora ja era como um aviso, o muro preto, o portão inteiro de madeira em verniz, rosas vermelhas em um canteiro de ponta a ponta.

- U...au - joanny diz com a boca cheia

- garota, faz isso perto de mistress que ela te da um belo sermão

saímos de carro e fomos em direção a bela mulher de 45 anos e super experiente, mistress tinha 1,60 de altura, um corpo lindo mas nada exagerado, cabelos longos e platinados, sempre andava apenas de batom vermelho e blush, mistress era bem branca com os olhos âmbar.

- Boa tarde Meninas e que demora hein?

- Boa tarde Mistress

- b-bo -boa tarde - joanny engoliu seco

- hahaha hora criança, não precisa ter medo, você não é a minha submissa

- não pense em dar asa pra ela mistress, essa ai é uma coisa que só por deus

- ora, uma brat?

- pode se dizer que quase uma haha

- uma brat?? o que é uma brat - joanny totalmente perdida no assunto mas foi ignorada

- Vamos entrar, sim?

Mistress abriu uma parte do gigantesco portão de madeira e logo vi a reação de joanny, a casa de mistress parecia um lar de vampiro, não tinha nada explícito era muito calmo, mas eu sabia exatamente o que se passava ali dentro, antes de chegarmos a porta de mistress, tinha um jardim lindo, com alguma esculturas de mulheres segurando coleiras de homens que estavam de quatro, um "laguinho" com peixes e rosas, mistress amava rosas

- espero que se sinta confortável aqui Joanny - mistress disse, eu resolvi apenas observar

entramos na casa, absolutamente tudo era preto e vinho, e muito moderno, não havia mobilia mais que o necessário

- JANETE o que você esta fazendo sua merdinha? vem aqui agora!

Jojo tomou um surto e agarrou meu braço

então janete apareceu, era a escrava de mistress, uma das escravas, ela pagava mistress para te-la como dominatrix

- se você ficar olhando pra mim e não lamber a porra dos meus saltos, vai desejar não ter nascido

- sim senhora!

- *lili eu quero ir embora*

- hahaha relaxa gracinha, Janete paga mistress para que ela o trate assim

-*meu deus que horror*

- onde estão seus modos cachorrinha? - mistres empurrou janete com um de seus pés - lembra da mestre Lilith não lembra?

- sim senhora eu lembro sim!

- e por que ainda não se curvou pra ela, posso saber?

Janete veio até mim e apoiou os joelhos no chão e se curvou

- boa garota janete - eu disse e passei a mão na cabeça dela

Janete ja foi minha escrava, mas devido ao divórcio dos meus pais eu não vim ao canadá por 2 anos, então dei janete a mistress

- tem se comportado bem minha garota?

- sim mestre!

- chega de conversa, vá buscar a surpresa!

- surpresa? que surpresa mistress? - joanny perguntou

- ai mistress, não acredito - eu disse apoiando a mão na estante

o lado escuro do sexoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora