One

89.1K 6.6K 34.1K
                                    

"Você é meu vício, e eu adoraria ter uma overdose de você."

Jasmine Ward

Naquele dia o sol estava escaldante, o que era estranho, porque no mês de março geralmente fazia frio. Eu tinha ido dormir tarde naquela noite, graças a Addie, seu primeiro ano de faculdade estava sendo o máximo, e ela precisava contar detalhe por detalhe.

É triste quando sua melhor amiga é um ano mais velha e se forma antes, a parte boa é poder ir nas festas. Do que eu estou falando? Das trezentas que ela me chamou fui apenas em duas, e em uma delas eu tinha feito merda. Eu realmente sentia falta de conviver todos os dias com ela.

O caminho para a escola parecia cada vez mais longo, eu já estava exausta. Mellory tinha me abandonado porque ia chegar mais tarde, e eu odiava ter que ir sozinha.
Os alunos passando de carro por mim me deixavam irritada. Aquele estava sendo um ano particularmente difícil, então tudo me deixava estressada.

Depois de uns dez minutos finalmente estava na sala, deitei minha cabeça sobre o braço na mesa e fiquei esperando o sinal tocar.
Quase no final da aula de cálculo ela foi interrompida por alguém batendo na porta, era o diretor, a professora caminhou até ele pra saber o que queria.

— Jasmine, o diretor quer falar com você. – Ela disse olhando diretamente pra mim. Senti um frio percorrer pelo meu corpo.

— O que será que ela fez? – Escutei Andrew falar debochadamente.

Eu sabia que não tinha feito nada de errado, aliás, eu nunca fazia nada.
Levantei da cadeira rapidamente e caminhei até a porta encarando os dois.

— Preciso que me acompanhe. – O mesmo falou. Assenti com a cabeça e comecei a caminhar seguindo ele.

— Aconteceu alguma coisa? – Perguntei, não aguentava mais a curiosidade. Será que eu tinha feito algo e não lembrava?

— Não é nada grave, pode entrar e sentar. – Falou abrindo a porta da secretaria.

Senti um alívio correr pelo meu corpo, mesmo sabendo que eu não havia feito nada era estranho ser chamada assim. Sentei ao lado da Alicía e havia mais uma garota ali, ok, o que ele quer com nós?

— Bom dia meninas. – Ele sentou na sua mesa olhando para nós. – Eu preciso saber quem está interessada em dar aulas particulares para um de seus colegas. – Falou diretamente.

Encarei confusa Alicía que ficou pálida na hora, a outra não emitia nenhuma emoção.

Que tipo de negócio é esse? Dar aula pra um aluno? Nem sou tão inteligente assim.

— Eu faço curso todas as tardes, desculpa mas não tenho tempo. – Falou seca.

— Ah, ok Ruby. – Ele torceu a boca. – Entendo. – Agora ele encarava nos duas apreensivo esperando alguma resposta.

Eu tinha algumas aulas na semana com Alicía, nós não éramos melhores amigas nem nada, mas eu sabia o quão difícil era pra ela se relacionar com outras pessoas, mesmo no quesito amizade. Ela era uma pessoa bem fechada.

Então respirei fundo antes de abrir minha boca, torcendo pra que tudo isso não seja uma má ideia, apesar de achar exatamente isso.

— Eu posso tentar. – Falei desanimada. Pude ver ela dando um leve suspiro de alívio.

Definitivamente não sou nenhuma nerd, mas minhas notas são boas, quase ótimas. E por um momento pensei que aquilo seria bom pra eu revisar a matéria.

— Ótimo! – Diretor Calvin parecia feliz. – Vocês duas podem retornar a sala.

Encarei as duas levantarem enquanto eu quis fazer o mesmo, mas me mantive ali olhando para o diretor esperando que ele falasse mais alguma coisa.

Doce ViagemOnde as histórias ganham vida. Descobre agora