28° Capítulo - Butterfly

10.1K 792 406
                                    

Você apenas é como uma borboleta
De longe, eu roubei olhares; se nós tocarmos as mãos, eu vou te perder?
Você brilhar nessa escuridão, isso é o efeito borboleta
Seu toques de luz, eu vou esquecer a realidade só uma vez

É como o vento que gentilmente me acaricia
É como o pó que gentilmente deriva ao longo
Você está lá, mas por alguma razão, eu não posso chegar até você, pare
Você, que é como um sonho, é uma borboleta para mim, alto

Surreal, surreal
Você, você, você

Você vai ficar ao meu lado?
Vai me prometer?
Se eu soltar sua mão, você vai voar para longe
Vai desaparecer, tenho medo disso

Você vai parar o tempo?
Se esse momento passar
Como se isso não tivesse acontecido
Tenho medo disso, eu vou te perder

Butterfly - BTS

________________________________________

—Caralho, ela não vai acordar nunca?! - Yan diz nervoso, e olha para Halya que está na cama com aparelhos respiratórios.

— Ela inalou muita fumaça, calma... - fala Matheo, levando seu olhar para Anthony que anda de um lado para o outro.

— Está querendo fazer um buraco no chão porra?! - diz Yan, ainda com os olhos na garota.

—Isso é culpa sua! - Anthony grita com Yan. - Se você não pensasse só em você, se não trouxesse ela pra cá, ela ainda estaria vivendo a vida dela sem riscos de morte, se você não fosse a porra de um egoís... - foi questão de segundos para Megalos acertar um soco na face do rapaz e logo os estavam brigando no chão.

—Você não tem o direito de opinar sobre nós dois! - Yan fala, ainda entre a briga.

—Mas que caralho, vocês parecem crianças! - Matheo fala enquanto tenta separar seus irmãos. Os três estavam tão entretidos entre si que nem ao menos perceberam quando Halya começou a tossir ao acordar, a garota tirou o aparece respiratório da face e se sentou na cama notando a situação dos três rapazes a sua frente.

—Qual o problema de vocês!? - ela diz alto com certa dificuldade, levando a mão até cabeça que doía. Megalos sai imediatamente de cima do seu irmão mais novo, indo até a garota.

—Graças a Deus você acordou! - ele beija sua testa e segura sua mão, que ela afasta delicadamente.

—O que aconteceu? - ela pergunta olhando para eles.

— Eles colocaram fogo no seu apartamento e você ficou inconsciente por causa da fumaça... - Matheo explica.

—Anthony? - ela chama o rapaz que a encarava por vários segundos, ele vai até ela e a abraça fortemente. Yan revira os olhos...

—Não te colocaremos mais em perigo, okay? - fala o Andy ainda a abraçando.

—Está tudo bem, Anthony, eu estou bem. - ela acaricia as costas do rapaz. - Que tal me ajudar a levantar pra eu poder ir embora... - ela sorriu para Andy.

—Você não vai embora. - diz Megalos.

—Você não interfere em porra nenhum. - fala Halya.

—Você corre risco de vida, não sai dessa casa nem que Odin te leve. - ele ergue a sobrancelha.

— Não temos mais nada, se é que tivemos um dia. Então, você não opina! - ela se levanta sentindo a dor em seu tornozelo direito que a levou a soltar um grunhido de dor e Megalos a segura por impulso. - Eu consigo me virar. - ela se afasta.

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora