2-Jojo+lili

4.3K 234 38
                                    

Finalmente chegamos em casa, esse cheirinho de lavanda que eu só sentia 1 vez por ano, a casa de férias agora é minha moradia.

- querida, estamos sem milho, vou ir comprar, quer ir comigo ao mercado?- disse meu pai com aquele tom de "diga sim"

- Claro pai, aproveitando o caminho, poderíamos passar em alguma loja de roupas? liguei na central e por algum motivo minhas malas ficaram em outro país, só chegaram daqui a 3 ou 4 dias

- nossa que desastre, eu poderia prender eles por não serem responsáveis na linha aérea, sua mãe não pagou caro para perderem as suas malas - ele ri e bagunça meu cabelo

-Para! - rimos - você não pode sair por aí prendendo as pessoas pai hahaha

- quem disse que não? eu sou um juiz muito respeitado!

- HAHAHA "filha de juiz RESPEITADO picha paredes de Filadélfia"

- nem me lembre, garota, onde eu errei???

olho pra ele fazendo uma careta, pego as chaves e seguimos andando até o mercado, confesso que eu gosto das ruas de Toronto, menos a parte dos dias ensolarados, eu não suporto o calor.

Compramos aquilo que era necessário, e algumas besteirinhas que não podem faltar até...MERDA A JOJO
adicionei o número dela assim que lembrei, mandei uma mensagem

"algo me diz que irei muito ao tio ray"

- Dacota? olha aquela blusa, bem a sua cara! - ele aponta para uma camiseta preta com caveiras
- Ai pai, como me conhece assim tão bem? - (ironia) digo guardando o celular no bolso e indo em direção a ele

{2hrs depois}

finalmente tomei um banho, era estranho estar naquele quarto, ja que agora eu teria que viver ali, tudo era sem graça, eu só vinha 1 vez por ano então achava desnecessário decora-lo de qualquer forma

toc, toc
- Dacota?

- Oi Papai

- encontrei algo pra você se sentir mais confortável no quarto novo

destranco a porta (eu tenho essa mania) e quando vejo, luzes de led, fronhas e lençóis pretos, filtro do sonho, algumas pequenas figurinhas de bandas e um macbook, óbvio que ele ja teria comprado antes de eu chegar aqui, mas fingi surpresa, me importo muito com o que meu pai sente

- AI MEU DEUS, obrigada obrigada obrigada! finalmente não vou me sentir em um quarto tão sem graça

Meu pai sorri com os olhos, me da um beijo na testa como de costume e um "boa noite minha criadora de problemas"
fecho a porta e já começo a colar as figuras e as luzes de led, o conjunto de cama e colo o filtro na janela...
meu celular vibra

" eu gostei de você, lili"
era a Joanny

Lilith - "eu também, de você"

Joany- "hoje é sexta-feira, vou sair com meu amigos, quer ir?"

Lilith - "meu pai ja foi dormir, acho que da pra pular a janela, onde te encontro?"

Joany - "Hahaha ai meu deus! pular a janela? ele não te deixa sair?"

Lilith- "infelizmente não quando ele esta dormindo, acorda-lo é pedir por um enterro kajsjwkks"

Joany- "posso cancelar, se você quiser.."

Lilith- "o que?? claro que não, como assim?"

Joany- "você é bem burrinha né? eu quero te ver lili..."

senti meu coração pulsar, coloquei o celular sob o peito, ofegante e soltei um sorriso daqueles de doer as bochechas

Joany- "Ta ai??"

o lado escuro do sexoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora