26° Capítulo - Dangerously

10.7K 788 543
                                    

Normalmente eu segurava o poder
Com ambas as mãos atadas nas minhas costas
Veja como as coisas mudaram
Porque agora você é o trem, e eu estou amarrada a pista
Você me acordou
Mas você está me sufocando, eu estava tão obcecada
Te dei tudo de mim
E agora honestamente, não tenho nada

Porque eu amei você perigosamente
Mais do que o ar que eu respiro
Sabia que deixaria de funcionar a velocidade que estávamos indo
Não importava se a explosão me arruinasse
Baby, eu amei você perigosamente

Você me levou para baixo, baixo, baixo, baixo
E beijou meus lábios como um rápido adeus
Eu vejo você logo, logo, logo, logo
Era uma questão de tempo
Você sabe que eu sei, só há um lugar que isso poderia levar
Mas você é o fogo, eu sou gasolina

Eu amei você, eu amei você, eu amei você, eu amei você perigosamente

Dangerously - Charlie Putt

_________________________________________

Já se passou uma semana que não o vejo mas eu sei que ele continua me observando, só não entendo o porquê. Yan já tem outra e eu só preciso deletar ele da minha cabeça, mas ele não tem me dado paz.

Eu realmente me entreguei de corpo e alma acreditando que éramos um do outro, mas se eu não fui o suficiente o que eu poderia fazer? Mandar ele tomar no c* ainda é minha primeira opção.

Na primeira vez que eu o vi na cafeteria, fui embora as pressas mas aqueles olhos não sairam da minha mente por semanas, eu esperava para vê-los, até fui na cafeteria algumas vezes mas parecia que não ia acontecer.

Deja-vu

Essa palavra descreveria o momento em que nossos olhos se encontraram naquela cafeteria, na segunda vez já não foi tão agradável né. Mas ainda assim eu caí de amores pelo filho da puta, que inferno!

Ele já sabe onde eu estou, tenho certeza. Me sinto sendo observada toda vez que saio de casa e eu sei que são os olhos dele que me perseguem.

○○○

O sol acabará de se pôr e as estrelas já se viam no céu, Halya olhou para sua geladeira e choramingou palavrões ao ver vazia.

—Preciso fazer compras! - ela prende o cabelo em um coque e sai. Ela vai até o mercado próximo comprando o necessário e mais algumas besteinhas, depois de pagar tudo ela sai do estabelecimento e a sensação de estar sendo observada voltou e ela já estava de saco cheio.

Agora os passos estavam atrás de si e se aproximando ainda mais.

—Por que caralhos você continua me seguin... Lorenzo? - ela se surpreende ao se virar e ver quem não esperava.

—Fiquei preocupadíssimo com você, princesa. Ficar uma semana sem te ver deixou meu coração inquieto... - ele sorrir cinicamente e ela semicerra os olhos.

—O quê quer? - arqueia a sobrancelha.

—Depois de um tempo pensando... - ele se aproxima da moça. - Eu tive a certeza do que eu quero... - ele curva a coluna ficando face a face com ela. - Você!

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora