22° Capítulo - Love Me Like You Do

11.6K 844 611
                                    

Você é a luz, você é a noite
Você é a cor do meu sangue
Você é a cura, você é a dor
Você é a única coisa que quero tocar
Eu nunca soube que poderia significar tanto, tanto

Você é o medo, eu não ligo
Porque nunca estive tão fora de mim
Me siga até a escuridão
Me deixe te levar além dos satélites
Você pode ver o mundo que você trouxe para a vida, para a vida

Então me ame como você ama, me ame como você ama
Me ame como você ama, me ame como você ama
Me toque como você toca, me toque como você me toca
O que está esperando?

Love Me LikeYou Do - Ellie Goulding
_________________________________________


Lá estava Halya no quarto onde dorme com Megalos, o observando dormir serenamente na cama, ela puxa a poltrona e a coloca do lado da cama logo se sentando na mesma enquanto limpava as lágrimas que insistiam em cair.

Halya se sentia culpada por tudo e ela só queria que seu amor acordasse logo. A moça olhou para o braço do moreno que recebi soro fisiológico na veia e depois para o curativo em sua barriga onde havia sido baleado, ela segurou a mão sobre a cama do rapaz e deitou sua testa ali, fechando os olhos e entanto acalmar seu coração.

—Pare de chorar, pequena. Me deixa vulnerável... - a voz que ela tanto queria ouvir ainda fraca e baixa, Halya levantou a cabeça rapidamente olhando homem por um tempo para ter certeza que não estava alucinando.

Yan sorriu e os olhos da garota se encheram de lágrimas novamente, ele se sentou na cama com facilidade enquanto Halya olhava diretamente em seus olhos.

—Me desculpa... - foi tudo oque ela conseguiu dizer antes das lágrimas descerem automaticamente pelo seu rosto.

—Oh, meu bem... Vem aqui, vem... - ele passa a mão no espaço ao seu lado da cama onde a garota se senta e ele deita a cabeça dela em seu ombro. - A culpa não foi sua, docinho. - ele carícia seu cabelo.

—Foi sim... - ela levanta a cabeça olhando nos olhos do homem a sua frente e começa a soluçar em choro. - Eu não disse antes porque tinha medo de você ir embora, mas eu te amo, Yan, eu te amo muito. Desculpa não ter falado antes... - seu choro fica mais forte e ele a abraça. - Eu senti tanto medo de te perder... nun-ca... - ela fala com dificuldade. - Nunca mais se jogue na frente de uma bala, entendeu? Eu quase mo-morri do co-coração... - ele sorrir achando a atitude da menina fofa.

—Eu também te amo, docinho. - ele sorrir ainda mais e a faz cafuné. - Irá parar de chorar se eu disser que não vou fazer mais isso? - ela concorda com a cabeça. - Então, olhe para mim. - ela levanta a cabeça limpando as lágrimas, o olha por dois segundos e volta a chorar e Yan gargalha. - Você não disse que não iria chorar?

—Eu não consigo parar! - reclama chorosa e ele rir ainda mais. - Do que você está rindo? - o encara acalmando o choro.

—Porque você me faz feliz, gatinha. - ele segura a cabeça da menina e lhe da um beijo na testa.

—Finalmente acordou, pensei que fosse esperar sua mulher desidratar em lágrimas. - diz Anthony quando entrou no quarto e eles o encararam.

—Ela fica fofa chorando. - Yan fala sorridente.

—Fofa nada, chorou tanto que molhou minha camisa de lágrimas e meleca. - ele diz e Halya lhe acerta com o travesseiro bem no rosto. - Minha filha, esse rostinho lindo aqui é caro.

—Não dou um real. - Halya e funga o nariz finalmente parando de chorar e Megalos beija sua testa.

—Descobriu quem mandou o desgraçado que atirou? - Yan pergunte a Anthony.

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora