20° Capítulo - Naked

13.2K 913 462
                                    

Ei, você aí
Podemos ir para o próximo nível?
Querida, você se atreveria?
Não tenha medo
Porque se você pode dizer as palavras
Eu não sei por que eu me importo

Porque aqui estou eu
Estou dando tudo o que posso
Mas tudo o que você faz é estragar as coisas
Sim, estou bem aqui
Estou tentando deixar claro
Que ter metade de você simplesmente não é o suficiente

Eu não vou esperar até que você termine
De fingir que não precisa de ninguém
Estou aqui, vulnerável (vulnerável, vulnerável)
Estou aqui, vulnerável (vulnerável, vulnerável)
Eu não vou tentar até você decidir
Que está pronta para engolir todo o seu orgulho
Estou aqui, vulnerável (vulnerável, vulnerável)
Estou aqui, vulnerável (vulnerável, vulnerável)

Naked - James Arthur

_________________________________________

Entrar naquela sala de reunião sendo esperada por sete pessoas, sinceramente intimidadores. Mas a coragem já tinha tomado sua veias.

Assim que Halya entrou na sala sendo acompanhada por Thom e as pessoas ali presentes que já a aguardavam se levantaram para cumprimentá-la.

—É um prazer revê-la, senhorita Smith. - diz Lorenzo selando sua mão e a moça estreitou os olhos, os outros os a encararam e se curvaram em cumprimento.

—É mesmo, né. - força um sorriso e se põe em sua mesa de frente a todos - Podem se sentar. - ela diz e todos o fazem, e se senta em seguida - Bom, vou direto ao ponto. Quero que mande 15% dos seus homens para o norte da Grécia. - completa e Lorenzo lhe lança um sorriso sádico.

—Sua proposta é bem interessante... - diz a mulher pálido com uma pitada de deboche. - Mas o que exatamente ganharemos com isso? - Halya ergue a sobrancelha.

—Elisa, certo? - ele afirma com a cabeça e Halya apoia os cotovelos na mesa. - O fato é, o que irão perder caso não façam.

—Isso seria uma ameaça? - fala a voz rouca de outro rapaz. Lorenzo leva seu olhar a ele sem ao menos mexer um músculo.

—Leve como quiser, Filipo. - fala Halya, revirando os olhos. - Escolhemos vocês pelos seus, vamos dizer " currículos ". Caso não estejam interessados, posso chamar outros... - ela leva seu olhar a Lorenzo e ele sabe que ela está falando dos Evans. - Que podem perder ou ganhar com isso sem me questionar.

—Iremos mandar nossos homem. - Lorenzo diz enfim, com um certo deboche.

—Certo, encerramos por aqui. - ela diz e se levanta. Todos fazem o mesmo e lhe dão um aperto de mão, um loiro com lentes claras segura sua mão e leva até a boca deixando um selar e uma leve mordida no local. - O senhor por caso está com fome? - fala irônica e com cara fechada.

—Deu pra perceber?! - ele debocha e um homem com vários anéis lhe da um tapa na mão, o fazendo soltar a de Halya.

—Tenha um pouco de senso, Luigi. - outro homem fala.

—Ele nunca teve, Raphael. - uma risonha fala. - Prazer, pode me chamar de Martina. - um outro homem atrás dela limpa a garganta e aperta a mão da garota.

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora