Capítulo 02: Anjos da Liberdade

35 3 0
                                              

Nova York, Paraíso

Desmond viu Ally saindo pela porta do restaurante com o gigante "M" amarelo. Ela estava sem o uniforme, o que indicava que ela estava saindo de seu expediente. Ele sabia que não tinha muito tempo, mas ele quis aproveitar alguns segundos de segurança que tinha dentro dos muros de Nova York para admirar a beleza de Ally e seus cabelos castanho-claro.

Ele sentiu tanto a falta dela em seus anos de morte, mesmo que não se lembrasse. Tudo o que ele gostaria era poder contar para ela sobre o passado e sobre a vida, mas não podia – mesmo que ela acreditasse, ele estaria indo contra todas as regras do Paraíso, o que poderia chamar atenção para si, seus companheiros e sua missão.

– Des? – Ally, espremendo seus olhos azul-escuros para enxergá-lo melhor, disse quando ele se aproximou e a abraçou. – Achei que você tinha ido embora de Nova York.

– E eu fui, mas precisei voltar. – Ela o fitou demoradamente, esperando que ele respondesse à pergunta que ela não fazia. – Por você. Preciso te tirar da cidade e te levar a um lugar seguro.

– Os Filhos chegaram, não? – Desmond lembrou-se de quando ela ajudou a ele e a Ronald na captura de Joe Kypper, ou melhor, Caleb Galswyck. – Todos nós notamos que as patrulhas angelicais aumentaram nos últimos dias.

– Se já não estão, logo estarão nos portões. Temos que ir embora...

– Não. – Ela retrucou; não havia irritação em sua voz, mas ela parecia determinada em suas palavras. – Eu já perdi uma casa, não posso perder outra. Isso sem contar todas as pessoas que se tornarão vítimas daquelas terríveis criaturas!

Quando a conheceu há mais de vinte anos, Ally Cleanwood era uma pessoa que se preocupava com sua própria aparência e como os outros a viam, em outras palavras, ela era um pouco egocêntrica. No entanto, alguma coisa em seu passado a mudou – afinal, não estaria no Paraíso se tivesse continuado naquele caminho. Desmond deduziu que tinha algo a ver com o modo que ela morreu.

Obviamente, a própria Ally não sabia como tinha morrido, apenas que tinha acontecido cerca de dois anos antes, quando ela tinha apenas quarenta e um anos, ainda muito jovem. Ela morou em Londres durante esse período. Quando a Guerra Celestial começou, ela estava em um avião para Nova York, para visitar o lugar; dezenas de passageiros foram possuídos, mas graças a interferência dos anjos, eles foram selados e o avião pousado ali.

Ally começou a trabalhar naquele restaurante porque cansara de não fazer nada e decidiu suprir a vaga de uma pessoa que havia sido possuída. Normalmente, na Inglaterra, ela era professora para almas de crianças natimortas, que precisam de tempo para crescer e conhecimento. Desmond se perguntou se ela, enquanto viva, também não fora professora – mas considerando que ele não continuou sendo detetive após a morte, ele facilmente imaginou que não poderia ser o caso.

– Mas não tem nada que nós possamos fazer! – Ele acrescentou, sabendo que nunca que ela aceitaria tais palavras.

– Eu não – ela fez uma pausa –, m as você pode. Você tem a mente mais impressionante que eu já vi!

Desmond suspirou. Durante os meses em que morou em Nova York – quando Leonard estava em sua crise existencial e praticamente não saiu do esconderijo dos Heartless – ele passou vários e vários dias com Ally, tomando cuidado para não contar qualquer história sobre sua vida. Ele, para provar que não mentia quando dizia ser capaz de deduzir qualquer coisa sobre qualquer passante, "leu" diversas pessoas, apenas para estas comprovarem que ele estava certo.

O que Ally não sabia, porém, era que as falas dela pesavam ainda mais com as preocupações que ele tinha: não conseguiriam sair de barco sem ajuda de Ahsoka – e ela parecia disposta a salvar Nova York; não poderiam usar a mesma rota que ele, Leonard, Thais e Týr usaram da última vez, pois estariam perto demais de tropas inimigas que ainda naquele momento chegavam e, por fim, ele mesmo não tinha um plano para sair da cidade.

Histórias Curtas do Sétimo UniversoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora