3° Capítulo - Animals

22.6K 1.5K 751
                                    

Baby, serei seu predador essa noite
Te caçarei, te comerei viva
Como animais, animais, como animais-mais
Talvez você pense que pode se esconder
Mas eu consigo sentir seu cheiro de longe
Como animais, animais, como animais-mais
Baby, eu sou

Animals - Maroon 5

________________________________________

Halya Smith

Já estou nesse quarto a uns três dias mas foi o tempo suficiente pra eu descobrir um jeito de sair dessa casa. Nunca sai desse quarto, mas sei que tem provavelmente somente 20 guardas mesmo, ou 19 já que nunca mais vi o Fred.
Eles colocam tranquilizantes somente no meu almoço e meio dia a senha do portão se reconfigura pra outra e fica desligado por 7 minutos, 7 minutos era o tempo que eu tinha pra sair daquele lugar. Olhei pela janela e avistei os dois pitbulls embaixo da mesma, a porta se abre e Yan entra com uma bandeja.

—Aqui estar o seu almoço. - diz Megalos. Halya se afasta da janela, indo até a cama. - Está se adaptando rápido... - estreitou os olhos.

—Não tem muito a se adaptar, apenas um quarto, um banheiro e um closet. - diz ela revirando os olhos. - É o quanto meu carcereiro me permite viver. - deu um sorriso irônico e Yan se aproximou.

—Quando eu tiver confiança de que você não irá fugir, poderá sair livremente pela casa. - ele tenta tocar em seu rosto, mas a menina se afasta fazendo o rapaz respirar fundo. - Estou saindo, coma. - diz saindo do quarto e trancando a porta que tinha duas fechaduras, uma por dentro que a chave era grudada na porta e, outra por fora que o Megalos usava pra a manter no quarto.

Bom, se Yan saiu significa que são 10 para meio dia então tenho que agir rápido.

A garota pegou a bandeja e jogoi a comida com tranquilizante para os cachorros pela janela, esperou 5 minutos e os cachorros adormeceram. Pronto, agora só falta os guardas, e ela precisava distrai-los!

Já sei! - trancou a porta por dentro.

—SOCORRO, SOCORRO, ME AJUDEM! - gritou ela, batendo na porta e foi até a janela e não avistou mais os guardas. Logo escutou o barulho de todos tentando abrir a porta.

A configuração do portão acabaria em 5 minutos, era o tempo que Halya tinha. A menina pulou a janela logo caindo no jardim e correu até o portão o abrindo, finalmente livre... Foi o que ela achou.

Menina olhou para o lado e, avistou um carro parando pouco distante na rua. Para sua surpresa, Megalos desce dele.

—PEGUEM A GAROTA! - um homem gritou pela janela do quarto de Halya, a menina o olhou e correu para dentro da floresta que havia a frente da casa.

—Halya! - a voz irritada de Megalis ecoa pela floresta.

—Pronta, é agora que eu vou morrer! - a garota diz para si mesma assim que parou de correr, mas logo volto por ouvir passos na floresta.

○○○

—Merda! - gritou Megalos, enquanto andava pela floresta a procura da garota. - Eu saio por menos de 20 minutos e vocês perdem a garota, seus incompetentes! - diz e começou a observar o local. - Shiiii, fiquem quietos.

Smith estava escondida em uma árvore próxima e Megalos foi treinado para caçar, nada passava batido pelo rapaz.

—Querida... Eu sei que está aqui, vamos, apareça logo! - diz sem paciência. - Procurem pelas árvores.

A garota sabia que se não corresse seria pega então, era tudo ou nada. Ela correu, chamando a atenção Megalos e seus guardas.

—Permissão para acerta- lá. - diz o moreno para os guardas enquanto corriam atrás da garota.

Enquanto corria Halya sentiu uma pontada em seu braço a fazendo parar e colocar a mão no local, se virou dando de cara com Megalos.

—Um dardo tranquilizante, boa jogada... - diz a menina tirando o objeto de seu braço e sentindo seu corpo pesar, logo desmaiando nos braços do homem a sua frente.

—Não deveria ter feito isso, pequena. - diz pegando a menina no colo e, caminhando para saída da floresta. - Sofrerá as consequências...

Continua...

_________________________________________

ADAPTAÇÕES NÃO SÃO PERMITIDAS.

XOXO- L💋

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora