1° Capítulo - Genius

47K 2.1K 1.3K
                                    

Você acha que eu sou idiota?
Você acha que eu tô completamente louco por te ter na minha mente?
Você acha que eu estou sem chão?
Minhas contas terão você como resultado sempre
Você acha que eu estou chamando?
Você acha que eu estou chamando pelo seu nome todas as noites?
Garota, eu me apaixonei por você

Genius - LSD ( Labirith, Sia, & Diplo )

_________________________________________

Me lembro exatamente de quando a conheci, foi em uma cafeteria. Era de noite, ela estava saindo com o seu pedido e eu entrando no estabelecimento, foi quando nos esbarramos.


—Me desculpe, o senhor está bem? - ela pergunta e eu fico apenas a olhando totalmente perdido em seu rosto, logo afirmo com a cabeça. - Okay... - ela sai apressada, talvez e muito provavelmente pela forma que fiquei a olhando.

Eu espero um tempo é começo a segui-lá, foi como extinto, simplesmente fiz. Segui a mesma até os fundos de uma boate particular onde a mais nova entrou após colocar uma máscara nos olhos, eu fui pela parte da frente já aquela boate provavelmente era minha.
Me sentei em um dois sofás do canto, de frente ao palco do Dj.

—Galeraaaaaa, a preferia de vocês finalmente chegou. - o Dj anunciou e as pessoas da boate foram a delírio. Ele saiu e as luzes foram apagadas, uma música começou a tocar e um holofote se iluminou no palco mostrando uma silhueta feminina, era ela.
Mesmo com a máscara eu a reconhecia, ela cantava e dançava perfeitamente.

E foi assim que eu conheci Halya Smith, 21 anos, nacionalidade brasileira, faz faculdade de medicina, mora sozinha, seu pai morreu em um acidente de carro quando a mesma tinha 8 anos, sua mãe casou novamente quando a mais nova tinha apenas 16 anos e morreu de câncer quando a filha tinha 19 anos.
Para ficar o mais longe possível do padrasto que a perseguia, Halya se mudou para Londres e conseguiu sobreviver.

Descobri muitas coisas enquanto observava minha menina esses dias. Descobri oque gosta de comer e oque detesta, oque gosta de vestir, oque é alérgica e diversas outras coisas. Ninguém daquela boate sabia a verdadeira identidade de Halya, nunca conseguiram descobrir por mais curiosos que fossem. E eu, sem ao menos tentar, sabia, senão somos destinados...
Não sei o quê somos...

Arquitetei meu plano pra tudo ser perfeito, mandei meus seguranças a vigiarem quando eu não podia e já sabia o suficiente pra ela ser somente minha.

Era tarde da noite quando Halya acabou de se apresentar na boate e foi direto pra casa, como sempre. Eu a segui discretamente e quando a garota estava em uma rua deserta a abordei, coloquei o um pano que tampava sua boca e nariz fazendo a mais nova desmaiar em meu braços, a levei até o carro a colocando no banco de trás e deitei sua cabeça em minhas pernas.

—Podemos ir, senhor? - perguntou Fred, o motorista/segurança e Ian confirmei com a cabeça.

—Finalmente, minha. - disse , acariciando seus cabelos.

_________________________________________

Olá, cordeiros.

Bom, neste noite o wattpad removeu várias fanfic no aplicativo e para o correr o risco e vocês continuarem lendo mudei os personagens.
Espero gostem.

Tenham paciência.

XOXO- L💋

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora