64

84 16 7

ANGEL OLHA IMPACIENTE PARA O relógio

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

ANGEL OLHA IMPACIENTE PARA O relógio. Eles têm de estar no local a certas horas e o João não pára de jogar. Primeiro era para ser apenas um jogo entre o Félix e o Nóbrega e depois jogavam todos o mesmo, mas João quis continuar a jogar Fifa.
Farta de os ver jogar Angel sobe as escadas indo até ao quarto do moreno. Uma mensagem surge no ecrã do telemóvel da morena e esta suspira ao ver que é a confirmação das horas e do local. Angel deita-se na cama encarando o teto, a seguir fecha os olhos por uns segundos.

A porta é aberta e João entra no quarto. O seu olhar pousa no corpo da morena e ele rapidamente alcança a mesma.

"Amor desculpa." Ele deposita vários beijos no rosto da mesma. "Estamos muito atrasados?" Angel encolhe os ombros e levanta-se. "Amor olha para mim." João levanta-se e agarra na morena. "A culpa é minha sim? Agora já me tens só para ti. O resto da noite toda. Agora mete um sorriso nessa carinha e vamos nos despachar."

"Não devias merecer nada." Angel cruza os braços.

"Mereço sim. E sabes que mais eu mereço? Um beijo." Ele sorri e Angel abana a cabeça afastando-se.

"Estamos atrasados, por isso o teu castigo é não receberes mimos." Angel pega na sua mala e de lá tira o outfit que vai usar.

"Tu és má."

"Não tivesses estado a jogar este tempo todo." Angel mostra-lhe a língua.

Angel estaciona o carro no lugar que lhe foi indicado e de seguida desliga o carro. João pergunta se já pode tirar a venda e Angel diz que não. Esta sai do carro e dá a volta para ajudar o moreno a sair. João volta a perguntar se pode tirar a venda e Angel volta a dizer que não.

"Mas eu quero tirar." João volta a insistir.

"João se não te calas vais levar no teu amigo precioso." Ela ameaça e o João reclama baixinho, colocando uma das suas mãos, livre, na zona do fecho das calças. Ambos param de andar e Angel larga o moreno, este rapidamente procura a morena. "Calma eu não fugi." Ela diz a rir. Angel abre a mala e tira de lá a encomenda que o Bernas lhe enviou. Ela faz uma careta ao vestir a camisola vermelha e branca do Ateltico com o número do João e o seu nome. De seguida volta a agarrar no João e puxa o mesmo. Ao chegar ao interior do local uma senhora os espera. Angel cumprimenta a senhora e esta guia-os pelos corredores.

"Angel quando é que posso tirar isto?"

"Espera mais um pouco João." Alguns passos depois eles chegam ao destino. A senhora retira-se após a morena lhe agradecer. O seu corpo vai para a frente do moreno e esta diz que ele já pode tirar a venda. João rapidamente joga as suas mãos ao pedaço de pano tirando o mesmo. Após se adaptar à luz olha em volta olhando para o estádio.

"A sério que me trouxeste ao estádio onde eu jogo?" Ele diz ainda a olhar para cima.

"Podes olhar para mim e para a frente?" Angel aponta para si e João olha para a morena. À sua frente está Angel com a camisola do Ateltico vestida e atrás dela está uma mesa com o jantar para ambos.

What a mess | Groupchat storyOnde as histórias ganham vida. Descobre agora