Capítulo 26

222 62 19

O ruído na porta fez com que Aiden se animasse. Depois de passar o dia na cama e ter fingido para os criados que o repouso era orientação do doutor Davies, ele esperava que Elizabeth voltasse para visitá-lo. Afinal, ela tinha cuidado dele, dado ordens a ele - e ninguém dava ordens a um duque, então era desejado que ela retornasse para conferir seu bem-estar. Ela era a única pessoa que sabia da extensão do ferimento, ele não confiara aquela informação a mais ninguém.

Ninguém deveria saber suas fraquezas, mas com Elizabeth era diferente.

Quando a porta de seu quarto se abriu, a decepção que abateu sobre o duque foi evidente. Ver Caroline Eckley ao invés do objeto de seu desejo o frustrou a ponto de não conseguir segurar uma interjeição de desagrado.

— Olá, meu senhor. — A mulher disse, em baixa voz. — Eu voltei.

Sim, ela tinha voltado. Ele já sabia e aquilo não lhe parecia importante. O duque mal se recordava de Caroline nas últimas semanas. Não pensou nela nem lembrou que ela estava em uma viagem pelo continente.

— Estou vendo. O que está fazendo aqui em meu quarto, Lady Caroline? Como entrou nessa casa sem ser anunciada?

Aiden ajeitou-se na cama, subitamente tomando consciência de sua nudez. O lençol que o cobria era fino demais para protegê-lo da mulher que escapava sorrateiramente para dentro do seu quarto. Houve um tempo em que ele não queria se proteger dela, que ele a receberia em sua cama de bom grado. Mas Aiden nunca gostou de mulheres que tomavam aquela decisão por ele.

— Eu já entrei nessa casa sem ser anunciada várias vezes. — Ela piscou, os longos cílios escondendo a malícia no olhar que lançava ao duque. — Sua irmã não pareceu favorável a me deixar ver como o senhor está.

— Talvez porque nenhuma dama deva ser recebida no quarto de um cavalheiro.

Caroline deu uma risada e tentou abafar o som com sua mão enluvada. Foi até a cama onde Aiden estava e olhou-o de cima em baixo, demorando um pouco de tempo demais examinando sua virilha. Normalmente ele teria se levantado e a arrastado para fora do quarto. Mas, estando nu, ele não pretendia se expor.

— Nós vamos mesmo por esse caminho, Aiden? — Ela finalmente sorriu e colocou a mão no ombro desnudo dele. As formalidades tinham acabado. — Sua irmã disse que você está repousando por causa da doença, tem algo mais que não esteja revelando?

— Caroline, eu não te devo nenhuma explicação. Você pode sair do meu quarto e retornar para sua casa. Não estou em condições de ter esse tipo de encontro, agora.

Os dedos dela desceram pelo peito do duque e puxaram o lençol. Antes que Aiden pudesse tomar o tecido de linho das mãos dela, Caroline deu uma apreciada no que conseguiu ver. Com os lábios ligeiramente esticados, ela deu dois passos para trás, sabendo a hora de se afastar. O duque a encarava com tanta irritação que era um movimento inteligente não estar ao alcance de suas mãos.

— Você continua em forma, milorde. — Ela passou a língua pelos lábios. — A doença não afetou em nada esse corpo que eu aprecio. De todos os lordes e vagabundos de Paris e Roma, nenhum deles tinha tanto vigor quanto Vossa Graça.

Aiden desejou pular daquela cama e expulsar Caroline Eckley sem nenhuma elegância. Expor sua audácia por invadir o quarto de um duque sem ser convidada, anunciada, esperada. Mas ela foi mais rápida e saiu da mesma forma sorrateira que entrou, fechando cuidadosamente a porta depois de deixar os aposentos ducais.

Ele não entendera a forma como reagira a ela. Caroline sempre fora uma boa amante, ela sabia jogos divertidos na cama e o deixava satisfeito sexualmente. Aiden estava dolorido de desejo há dias, sentindo seu corpo reagir violentamente à proximidade da governanta sem poder possuí-la. Se ele tivesse deixado que Caroline ficasse, poderia ter aliviado a tensão que o incomodava. Mas não, ele sequer considerou compartilhar a cama naquela noite com uma criatura tão irritante quanto Lady Eckley.

Os motivos para rejeitá-la eram muitos, porém apenas um o impediu. Aiden recusava admitir que Elizabeth pudesse afetá-lo a ponto de fazê-lo se fechar para outras mulheres, mas não havia outra explicação para o que acabara de acontecer.

 Aiden recusava admitir que Elizabeth pudesse afetá-lo a ponto de fazê-lo se fechar para outras mulheres, mas não havia outra explicação para o que acabara de acontecer

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Voltamos. Lady Eckley foi atrás do duque mas acho que ela saiu frustrada. Aiden está muito, mas muito ferrado mesmo, já que ele rejeitou a mulher que ele pode ter por causa da que ele não pode. 

Nos vemos no próximo capítulo. Obrigada pela leitura!

Um Duque para chamar de meuOnde as histórias ganham vida. Descobre agora