Capítulo cinquenta e dois

56.9K 4K 2.3K
                                    

Bruna🎭

Bruna: Você é maluco, Coringa? Caralho! A Milena tá na porra daquela cama de hospital, como eu vou contar que tu provocou um acidente com a mãe dela?

Coringa: Já tá feito! - Falou firme.- não posso fazer mais nada, eu só não achei justo mentir olhando no olho dela, eu conheço a Milena. Eu sei que ela sabe que eu fiz alguma coisa, então conta logo pra ela.

Cabelinho: Vai com calma, Bruna. Não chega contando de uma vez, tu não sabe a reação que ela vai ter.

Bruna: Sei bem, vai ser de raiva, nojo, decepção e outras mil coisas.

Coringa: Foi só pra dar um susto.

Bruna: A gente só sabe que a mulher tá no hospital, ninguém sabe a gravidade da situação, e se for coisa pior? Milena não vai aguentar qualquer notícia da mãe.

Coringa: Eu não sou nenhum otário não, porra. Ela não tenho direito nenhum de achar que pode me humilhar, vai se foder! Ela achou que tava falando com qualquer um? Se ela tem dinheiro eu também tenho, se ela acha que vai ameaçar bandido e vai continuar da mesma forma, alguém avisa que ela não tá na Disney, caralho.

Abaixei a cabeça passando a mão ma testa, porque eu teria que dar a notícia, e aquilo tava pesando na minha mente.

Coringa foi pra boca aparentemente não apresentando nenhum peso na consciência, e eu chamei o Jonas pra me levar no hospital.

Ele me deixou bem antes da frente, porque tava lotado de verme, em volta de todo o lugar.

Segurei no rosto dele, que apertou a minha cintura mordendo a minha boca, ele apertou a minha bunda me dando um selinho rápido, e voltou pra moto enquanto eu caminhava pra atravessar a rua.

Quando cheguei no quarto da Milena, mortinha pelo fato de que tava muito sol, eu já me deparei com o Paulo e a Marcelly ali.

Bruna: Boa tarde! - Desejei, colocando a minha bolsa na mesinha.

Paulo: Tudo bem, Bruna? - Balancei a cabeça, não entendendo nada porque ele e a Marcelly estavam de mãos dadas.- espero que você fique bem logo, Milena. Logo mais tem o nosso casamento, e depois a descoberta do sexo do nosso filho.

Mi: Claro, obrigada mais uma vez! E parabéns pelo filho de vocês, desejo toda felicidade.

Marcelly: Obrigada, e me desculpa também por ter colocado droga no seu copo, ainda era da época que eu era maluca atrás do Coringa.

Os três continuaram conversando mais um pouco, e eu só de braços cruzados olhando aquela pouca vergonha.

Logo depois os dois saíram, e eu aproveitei pra dar risada com a Milena que se segurava.

Mi: Amiga, eu tô chocada!

Bruna: Essa duplinha ai não é nada boa, ein. Marcelly quer o Coringa, e o Paulo quer você.

Mi: Pelo jeito eles estão juntos de verdade, e ela tá até grávida.

Eu ri, indo passar álcool em gel na minha mão, e depois sentei procurando começar a contar aquilo de uma forma mais calma. Mas a Milena já percebeu que eu tava estranha, e começou a perguntar o que eu tinha, quando eu simplesmente falei de uma vez, vi ela fechar a cara e me olhar com os olhos vermelhos, puta merda.

▪▪▪
+100

No MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora