Capítulo quarenta e cinco

62.8K 4.6K 1.6K
                                    

Coringa🔥

Milena tava deitada com a cabeça no meu peito, enquanto eu resolvia umas parada da missão de amanhã, ela tava calada só alisando o meu peito, de olhos fechados, e eu me perdia em cada traço dessa mulher!

Coringa: Eu sei que tu sabe das coisas que eu fiz, com a outra lá. E mesmo assim tá botando confiança em mim, bagulho foda.

Mi: Se a gente quer que dê certo, tem que continuar sendo assim! - Levantou um pouco a cabeça.

Coringa: Essas fotos que sempre chega no teu celular, é de gente que não tem o que fazer e quer separar os outros, tá ligada?

Mi: Eu sei.- Murmurou.- mas você não ia me contar mesmo se eu não tivesse recebido a foto?

Coringa: Não minha cabeça não precisava, pô. Se a cria fosse minha sim, mas não é.

Mi: Você tem a total certeza, Coringa?

Coringa: Tenho pô! Se eu tivesse desconfiado ia te contar, mas se ela mesma disse que não é meu quando eu botei pressão, é porque ela fez as contas.

Mi: E quem é o pai?

Coringa: Um dos meus que fica na barreira, mas ele tá em outra missão esses dias, talvez nem sabe ainda.

Ela balançou a cabeça olhando pra tv, mas depois levantou quando alguém bateu na porta, nem tinha olhado direito mas depois só vi a Beatriz pulando em cima de mim, e a mãe dela na porta.

Beatriz: Papai, eu posso dormir com você?

Coringa: Pode, minha vida. Mas tu trouxe roupa? Pra dormir e ir pra escola amanhã?

Ingrid: Tá tudo ai dentro, eu nem queria trazer mas ela tava enchendo o saco hoje, então eu fui na sua casa mas a mulher que limpa avisou que você tava aqui.

Coringa: Bea, vai colocar tua bolsa no quarto! - Levantei, olhando pra Ingrid que encarava a Milena.- amanhã a noite tu vai buscar ela lá em casa, ou eu levo.

Ingrid: Não deixa ela comer muita besteira, ok? - Balancei a cabeça.- e você Milena, quando vai ter um pra garantir o seu? - Falou, em um tom de deboche.

Mi: Relaxa, de interesseira aqui já basta você. Agora que a menina já tá aqui, você pode ir saindo.

Ingrid: Olhando assim nem parece que em menos de dois meses vai tá dando o golpe.- Riu.

Mi: Não sei o que é pior, a sua fama de ex inconformada, ou o jeito que você acha que me atinge com as suas palavras, da próxima você não passa nem da porta.

Coringa: Anda, vai.- Ela virou o rosto saindo, e a Milena voltou pro sofá.- é bom tu ter a consciência do que faz, porra. Não vou deixar tu continuar pagando de doida pra cima dela não, te orienta, se não quiser ficar careca.

Ela abaixou a cabeça saindo, eu fechei a porta olhando pra Beatriz que olhava pra tv, e conversava com a Milena.

Coringa: Bea, tu gosta de morar com a tua mãe?

Beatriz: Eu gosto pai, mas depois que ela disse que vai me dar um irmãozinho ela tá muito chata.

Mi: Amor, você vai assistir com a gente?

Coringa: Esses desenho ai é mó chato, não tenho paciência.

Mi: Ok, cancela o combinado de mais tarde! - Neguei com a cabeça, vendo ela fazer bico.

Beatriz queria colocar o desenho chato dela, Milena foi ajudar e depois eu tentei puxar ela pro quarto, mas ela negou se soltando de mim pra ir assistir com a minha filha.

▪▪▪
+100

No MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora