Capítulo Especial | Ky & Gi

1.6K 197 943

Este especial é ambientado no CAPÍTULO 36 de À BEIRA DO CAOS (Livro 1), quando acontece o Baile Dourado. É o primeiro no qual a Emily vai oficialmente com o Nathan como mentor dela, e KYLE AINDA ERA UM BABACA (só um pouquinho fofo)... Agora vão entender o que aconteceu com ele e com a Gi, e porque ele acabou ficando com a Jess!

É NARRADO PELA GI

— Tira o olho, Jani, você é noiva — implico com ela quando vejo que está encarando o Nathan e o Gabriel que saem do Palácio e caminham na nossa direção

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

— Tira o olho, Jani, você é noiva — implico com ela quando vejo que está encarando o Nathan e o Gabriel que saem do Palácio e caminham na nossa direção.

— Sou noiva, mas não cega — responde, o que me faz ter que engolir uma risada. Mas tenho que concordar com ela, não dá pra ignorar tanta beleza se aproximando. — Subiu até um calor agora.

— Shh — peço silêncio. Não quero que pareçamos duas loucas, não na frente deles.

Meu olhar se cruza ao do Nathan e sorrio para ele, que se afasta do Gabe e vem na nossa direção. Tento manter os olhos nos olhos dele, mas eles simplesmente agem por contra própria e percorrem aquele um metro e oitenta e três centímetros de cima abaixo sem deixar escapar nem um milímetro.

Ele está muito gostoso hoje, mais do que o de costume.

— Boa noite, Gi — cumprimenta-me com aquela voz rouca e sexy, que faz qualquer pessoa estremecer, e um gesto educado de cabeça. — Jani — ele a encara e eu consigo até sentir o calor que está vindo dela.

— Não basta ser lindo, tem que ser cheiroso — ela diz sem um pingo de vergonha na cara. Nathan ri, eu também. Mas se eu não fosse morena, tenho certeza que estaria totalmente vermelha agora. Jani e a mania dela de me fazer passar vergonha.

— Jani! – eu a repreendo, mesmo sabendo que ela não vai dar a mínima.

— Como se eu não conhecesse vocês, não é, Gi? Já estou acostumado — Nathan diz com um sorriso lindo e pisca pra mim no final. — Não estão gostando do baile? — pergunta curioso.

— Está maravilhoso — apresso-me a dizer. Eu o vi com a curada ruiva. Ela cortou o cabelo e ficou ainda mais linda. A sortuda mal chegou e já está pisando com classe na cara da sociedade. — Mas estamos esperand...

— Nathaniel, nós temos que ir. — Sou interrompida por um grito nervoso. Observo o Gabriel parado com a cara fechada, o que não é novidade nenhuma. Ele não se aproxima muito e nem sequer nos cumprimenta.

— O que ele tem de lindo também tem de mal-humorado. — Só me dou conta de que falei isso em voz alta quando agora é a Jani e o Nathan que me olham. Mas, dessa vez, ele dá uma gargalhada e eu não sei se rio junto ou se fujo.

Está comprovado: eu consigo ser mais louca que a Jani, às vezes. Mas só às vezes.

— Tenho que concordar com você, Gi — diz. — Mas, infelizmente, tenho que ir mesmo. Espero que se divirtam o resto da noite — diz, curvando-se e me dando um beijo no rosto e, depois, faz o mesmo com a Jani.

A Resistência | Contra o Tempo (Livro 2)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora