Capítulo vinte e nove

75.8K 5.4K 2.8K
                                    

1 mês depois

Coringa🔥

Eu tava de longe vendo a mocréia trocar mó idéia com o Cabelinho, mas quando ela olhou vindo na minha direção, eu paguei de doido olhando pro lado e bebendo a minha cerveja.

Milena: Tá putinho? - Eu tava sentado com a perna aberta, e ela sentou no meio, apoiando os braços na cadeira.

Coringa: Porque tu não senta no colo do Cabelinho?

Milena: Nem no seu colo eu tô, estamos apenas divindo a cadeira como lindos amigos.- Eu ri, batendo na testa dela.

Coringa: O que pegou? Ele queria te comer, tu negou, e ele te deu um pé na bunda. Com esse teu famoso cu doce ai?

Milena: Acho que você tá um pouco atrasado...- Riu.

Coringa: Sai daqui, anda! - Bati no braço dela.- cadê a Bruna?

Milena: Ela tinha ido buscar mais cerveja, com o pt.

Coringa: Já faz mais de meia hora...- Falei, reparando no que ela mexia no celular.

Milena: Você tava com raiva de mim? Seja sincero.- Virou um pouco o rosto.

Coringa: Sem se apegar, lembra não?! - Segurei no queixo dela, e beijei sentindo ela segurar no meu rosto.

Milena: Mas ontem você tava com essa mesma cara de cu, só porque eu tava conversando com aquele menino! E hoje eu percebi a mesma coisa, vem pagar de maluco não.- Fechou a cara.

Coringa: Eu nunca beijo nenhuma mina, assim. Pra todo mundo ver, e eu acabei de te beijar...- Ela deu de ombros.- a parada é nós ficar, quando der vontade, eu sei tu gosta.

Milena: E você leva bem mais a sério que eu, vem de graça não! Todo mundo já sabe, e todo mundo fala quando eu passo, principalmente aquela menina, uma do cabelo preto, fica jogando piadinhas.

Coringa: É inveja, porque elas sabem que eu nunca vou dar espaço pra elas, da mesma forma que eu dou pra tu.

Milena: Você pegou aquela ali, hoje? - Olhou pra Marcelly, e depois pra mim.

Coringa: Ela pagou um babão! - Falei de boa.

Milena: Que nojo! E você beijou a boca dela? Vai se fuder, Thiago.

Coringa: Colé, tu beijou o cabelinho, eu te beijei mesmo sabendo, foda.

Milena: Eu não beijei o cabelinho, somos apenas amigos, até porque ele tá afim da Bruna, deixa de ser chato. Porque eu também fiquei sabendo que ela pagou um pro ds, boca de pelo! - Olhou pra minha cara rindo.

Coringa: Palhaça, ele que é boca de pelo, porque eu peguei primeiro...- Falei bebendo a minha cerveja, e ela deu de ombros olhando pra frente.

Milena: Paulo?

Coringa: Thiago, pô. Ainda troca os nomes, ai é foda.

Milena: Meu ex, Coringa. O que o Paulo tá fazendo aqui? E com a mesma menina que tava falando mal de mim, olha aquilo.

Coringa: Cê tá com ciúmes? Emocionada, deixa o cara seguir a vida dele, tu tem o que com isso?

Milena: Ele vivia dizendo que favela não era lugar pra gente como ele...- Continuou olhando, pros dois que dava risada, e as vezes se abraçava.- minha mãe tá viajando, e ela não sabe que eu tô morando aqui, ele vai contar, merda.

Coringa: Tu tem vergonha?

Milena: Não é isso, é que eu tinha prometido pra ela que ia ser sem mentiras. E como você sabe minha mãe é muito chata, ele vai contar, antes mesmo que eu conte.

Ela virou o rosto rápido quando viu eles vindo pro mesmo lado, e me olhou nervosa. Segurei no braço dela, e puxei levantando pra sair, entrando em um dos becos que tinha.

▪▪▪
+100

No MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora