Capítulo vinte e um

74.7K 5.3K 2.1K
                                    

Milena🌸

Eu do jeito que estava, continuei. Só olhando a mulher, de cabelo cacheado, morena, e bem bonita, brigar com o Coringa, que falava no radinho, dando ordem pra não sei quem bater no namorado dela.

Coringa: Cala a boca, porra. A menina veio correndo atrás de mim, ela é uma criança caralho.

Evelin: Custava me ligar pra dizer o que tava acontecendo? Eu não sabia de nada, Coringa. Eu só fui no mercado, comprar umas coisas pra ela, e quando voltei a menina tinha sumido, nem vizinho tinha visto.

Coringa: Eu já disse o que sobre tu ficar colocando qualquer um dentro de casa? Desgraça, tu tem a porra porra da noção de que esse filho da puta pode fazer alguma merda com ela, tu da confiança demais.

Beatriz: Me tira daqui...- Falou, olhando pra mim e se encolhendo no sofá.

Eu nem sabia o que falar, e muito menos o que fazer. Era assunto deles, e eu não podia me intrometer.

Evelin: Ele pode ter falado brincando, você sabe como é criança.

Coringa: Ele também te bate de brincadeira, ou como é?

Evelin: Você não tem mais nada com a minha vida, me deixa.

Beatriz continuou calada, e a mulher me olhou.

Evelin: E ela, quem é?

Coringa: Tu não tem nada com a minha vida.

Evelin: Cuidado, tá? Coringa não é que você pensa que é.

Mi: Ele é quem? Me diz você.

A porta foi aberta, a Bruna entrou conversando com o pt, e os dois olharam pra gente, quando percebem que o ambiente não tava muito agradável.

Bruna: Tão em um velório é gente?

Pt: Bagulho tá sério, mermo.

Evelin: Meu amor..- Olhei, ela passar a mão no rosto da Beatriz.- você sabe que a mamãe te ama, não sabe? Então você tem que me contar as coisas, fugir de mim não vai adiantar.

Beatriz: Porque você deixa ele te machucar? - Perguntou tristinha, e eu me levantei, saindo de perto.

Mi: Bruna, vamos?

Coringa: Pt leva vocês.

Pt: Tem que pagar, não tem nada de grátis aqui não.

Mi: A Bruna paga, com beijo ou sei lá.

Bruna: Não achei minha boca no lixo.- Fez cara de nojo.

Coringa: Quem tava quase se comendo esses dias?

Pt: Ela disse que vai lavar a boca com sabão em pó, só porque eu peguei a Natally antes dela, malucona pô.- Riu.

Mi: Desculpa me intrometer, mas quando você for brigar com a mãe da sua filha, pelo menos faça isso longe da Beatriz. Ela é apenas uma criança, é ela fica toda tristinha quando vê vocês dois brigando.- Falei com o Coringa.

Bruna: Amanhã tem praia, ein.

Mi: Eu preciso de uma marquinha.

Olhei pro Coringa que balançou a cabeça, e depois olhei pra trás, em seguida indo pra fora. Ele deu a chave do carro, e o pt foi levar a gente, o caminho todo de discussão, porque a Bruna ligava o som, mas o pt desligava, dizendo que ela tava indo pra casa, e não pra uma festa, e ainda reclamava que tava com dor de cabeça.

▪▪▪
+100

No MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora