Capítulo nove

87.5K 6.5K 4.4K
                                    

Coringa🔥

Tava afinzão de trocar uma idéia com ela, mas a mina saiu quase que correndo no meio da galera, igual doida, papo reto.

Bagulho que me deixou putão.

Coringa: Eu vi pô, era ela! - Falei, gesticulando.

Menor: Ala, ela quem?

Coringa: A mina da ligação, ou é isso, ou eu tô ficando maluco.

Menor: E tu ainda acha que vai encontrar ela? Pô irmão, neurose.

Coringa: Mó princesa, eu conheci a voz, caralho. Aquele olhar inocente pô, ela ficou com vergonha.

Menor: Tá na Disney mesmo, olha ai, Bruna.

Coringa: Tu vai se fuder na minha mão otário...- Eu ri.- Milena, eu vou achar ela.

Bruna: Espera ai, Milena? Então é você? Gente, que isso.

Menor: Conhece meu irmão de onde?

Coringa: Tu conhece ela?

Bruna: Pra onde ela foi? Porra, é você mano.

Coringa: Sei não, a mina sumiu.

Bruna: Você é o homem da ligação...- Eu ri, entendendo mais nada.- eu sou amiga da Milena.

Coringa: Me ajuda a achar ela, namoralzinha.

Ela tava sentada no colo do menor, então se levantou, vindo pra perto de mim.

Bruna: Eu vou ir lá fora, tentar ligar.

Eu concordei saindo atrás, e ela ficou no celular por mó cota. Até conseguir falar com a Milena, que disse que tava em uma lanchonete.

Pedi pra ela me deixar ir sozinho, e ela ficou de boa com o menor, que também tinha saído pro lado de fora.

Era bem perto daqui, então eu fui andando mermo. Já de longe eu vi uma loirinha na frente, sentada na calçada.

Tirei a minha camisa que tava manchada de bebida, e joguei no ombro, me aproximando dela.

Coringa: Será que eu cobro a visita, ou a minha camisa que tu manchou?

Milena: Você não tá mais preso.

Coringa: Pode fazer a visita na minha casa...- Ela riu.- fugiu de mim porque?

Milena: Eu fiquei nervosa, é sério que é você?

Coringa: Como que tu veio parar aqui?

Milena: Eu vim com uma amiga, eu juro que eu não sabia que era você o dono daqui.

Coringa: Tu nem me atendeu mais, desulmilde...- Sentei do lado dela.

Milena: Hm, é bem normal um homem preso te ligar quase todos os dias.

Coringa: Foi um erro, a ligação e pá. Mas eu fiquei apaixonadão pela tua voz, e queria te conhecer.

Milena: Agora conhece, desculpa por ter saído correndo de você.- Levantou.

Coringa: De boa, agora posso te ver quando eu quiser, não é? - Levantei também.

Milena: Não é bem assim nego.

Fiquei calado olhando pra cara dela, ela deu um sorriso fraco, eu dei outro reparando que ela ficava envergonhada rápido, e fui andando do lado dela.

Mas eu nem disse mais nada, ela tava querendo fugir de mim, e eu não ia ficar no pé.

Bruna veio falar com a amiga, eu fiz gesto pras duas, e entrei acendendo o meu cigarro de maconha.

Milena tinha ultrapassado todas as minhas teorias, a mina era mil vezes melhor de tudo que eu imaginei. Uma cota depois as duas entraram, fiquei olhando pra ela que também me olhava, e algumas vezes desviava o olhar. Essa mina mexe com o psicológico de qualquer um.

▪▪▪
+100

No MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora