Capítulo 82

1.3K 244 561

But the fight has just begun
Steady now breathe, breathe

Mas a luta acabou de começar
Se mantenha firme agora respire, respire

— Piso inferior — digo, apesar de sabermos que este seria o nosso destino de acordo com o plano.

Descemos na primeira escada que encontramos.

Lucas tenta abrir a porta, mas ela está travada. Philip não perde tempo e conecta o dispositivo de quebra de senha, mas nada acontece.

— É melhor não perdermos tempo nesta. Se eles ainda não tiverem conseguido quebrar o sistema, precisamos ajudar — diz enquanto sobe a escada com passos largos, e eu e o Lucas o acompanhamos. Corremos pelo corredor até alcançar as escadas seguintes.

Lucas desce e pede para o esperarmos. Assim que volta, diz que não há sinal do Matt, da Mere e do outro Resistente que está com eles.

Voltamos para o piso do meio e corremos para o outro lance de escadas.

Philip desce dessa vez e, para o nosso alívio, nos faz um sinal positivo para descermos

A porta estava destrancada apenas com a pequena barra de ferro colocada para que ela não fechasse sozinha.

Corremos pelo corredor um pouco diferente dos do piso do meio.

Lucas faz sinal para pararmos antes de virarmos. Consigo ouvir vozes, mas não sei o que está acontecendo.

Antes que ele e o Philip façam alguma coisa, Vitor aparece com a arma apontada para nós.

Solto um suspiro aliviada.

— Os seus amigos estão aqui — diz e corro passando rapidamente por ele. — Ainda estão tentando quebrar as senhas das portas.

Conto que há apenas cinco salas na primeira metade do corredor. O resto é apenas parede branca e extintores de incêndio.

— Ela não está aqui, Em — Kyle diz chutando uma mochila que está no chão. A dor está em todo o rosto dele e meu coração se parte. — A Mia não está aqui.

— Mas tem cinco celas — digo ainda com esperança. — Daniel, James, Mandy, Jess e Mia.

— Não é a Mia — Kyle fala com as mãos na cabeça e os olhos fechados. Dou um longo suspiro sem saber o que dizer.

— Não é a Mia e acho que você precisa ver isso — Matt diz com um sorriso, mas a única coisa que sinto é o meu coração querendo sair pela boca. Ando rápido para a sela que ele aponta e deslizo a placa de metal para cima.

Meus olhos se enchem de lágrimas e encosto na porta sem forças para continuar de pé.

Nina!

Ela está viva!

— Emily — ouço a voz dela e enxugo as lágrimas. Ela coloca a mão pequenina no vidro e coloco a minha também.

— Nós já vamos tirar você daí — digo sorrindo e me afasto quando ela sorri de volta.

O Lucas me olha sem entender depois de olhar pela abertura da porta.

— Quem é ela? — pergunta.

— É a Nina. Ela está viva, Lucas.

Pela segunda vez nos últimos dias, o meu choro é de alegria.

— O Gabe tentou fazer você se sentir culpada esse tempo todo — Matt diz.

— Ele conseguiu, Matt. Você tem ideia do alívio que estou sentindo neste momento? — pergunto. Matt sabe que desde o início uma das minhas condições para fazer parte da Resistência era pode trazer a Nina comigo. — A Nina está viva, ela está viva — digo enquanto as lágrimas escorrem.

A Resistência | Contra o Tempo (Livro 2)Where stories live. Discover now