Capítulo 8

92 19 15

Um dia e tudo pode desmoronar. Um deslize e tudo pode acabar. E um desentendimento e uma guerra pode começar. Uma guerra de apenas um dia ou de vários dias, de semanas, meses ou anos, talvez décadas ou séculos, mas essa em especial começou e terminou em um único dia, o dia em que um único Clã desmoronou por causa de seus guerreiros, por causa de um desentendimento ou um deslize cometido por um dos governantes.

Espadas, arcos e flechas. Guerreiros e guerreiras. Dois lados: o que quer acabar com o Clã e o que quer salvar. Poderes.

Guerreiros que sempre ficaram do mesmo lado nas batalhas, desde o início, agora estão se rebelando. Uma base que antes foi um local de ajuda e acolhimento ,agora é um local de destruição e palavras proferidas pela raiva. A única coisa que é vista no pátio e no salão principal desse Clã, que por muito tempo prezou pela união e harmonia de seus guerreiros, são armas se colidindo e poderes em ação e reação.

Não é possível dizer como e quando tudo começou. Nem todos estavam lá e nem todos entendem o motivo dessa rebelião. Talvez seja sede de poder, inveja ou simplesmente o cansaço de sempre ter que obedecer ordens que não são tão boas aos olhos de alguns, enfim não sabemos o motivo exato que causou toda essa confusão.

Muitos saíram do Clã sem participar dessa triste batalha, outros saíram depois de perderem , alguns ficaram mas após um tempo também foram embora, deixando para trás o que um dia foi um lugar cheio de harmonia e união , até apenas restar uma única guerreira no meio dos destroços da construção que um dia foi moradia de vários guerreiros.

É... O Clã do leste, conhecido pelo nome  Invisible Fortress e representado pelas cores azul e prata, agora não existe mais.

Para combinar com essa triste notícia o céu resolveu trocar a cor azulada para a cor cinzenta, e os raios do sol pelas gotas de água que a chuva transborda, como se estivesse chorando pela perda.

E eu?

Continuei por um bom tempo no meio daquele pátio em cinzas, sendo molhada pela chuva. Nunca pensei que fosse ficar sozinha na minha vida, mas me enganei.

O céu ficou naquele triste clima comigo por um bom tempo, até que ele cansou-se e começou a trazer de volta a cor azulada e os raios de sol para nossa paisagem, já alaranjada por causa da aproximação do pôr do sol.

Como sempre fui até o meu lugar favorito contemplar o pôr do sol, talvez isso consiga amenizar a minha tristeza por um curto tempo. Dessa vez não encontrei ele aqui, fiquei feliz mas também triste, acho que me acostumei com sua presença e nossas breves conversas.

O sol se foi e eu fiquei com os meus pensamentos e sentimentos, e a ficha finalmente terminou de cair.

É eu estou sozinha agora.

- Argh, é tão chato ficar sozinha. - estou realmente triste.

- E eu? O que eu sou para você? Uma pedra? - Ruby pergunta indignada.

- Pedras ficam paradas e quietas, já você... Não se preocupe , eu estava falando do jogo. - sorrio para ela.

- Eii, eu sei ficar quieta e parada.

- Sei! - jogo uma almofada nela e vou em direção ao banheiro.

Depois de sair do banheiro e voltar para o computador, percebi que além do Soulmate95 não ter aparecido, a pessoa secreta também não me mandou nenhuma mensagem positiva por causa do fim do Clã do leste.

- Por qual motivo estou pensando nisso? Não é nada demais, nem conheço eles ou elas!

- Falando sozinha de novo ?

- Não, estava batendo um papo com a parede.

- Não precisava responder assim não. Cada dia que se passa, me surpreendo mais e mais com suas ironias e deboches.

Deixo a Ruby falando sozinha e volto minha concentração a tela na minha frente, mas logo depois fico sem nada para fazer e me deito tentando dormir.

[...]

Alguns dias se passaram e nesses dias não joguei The Real World apenas foquei nos meus estudos e amizades.

Tive um jantar com meus pais e meu irmão uns dias atrás, o assunto na maior parte do tempo foi sobre a empresa e nossa futura viagem. 

Depois daquela conversa no jantar me peguei pensando :
"Eu realmente quero ir para a Europa para continuar a linhagem da família Hall no mercado de trabalho?"



Love and Game | Kim Taehyung [HIATUS]Onde as histórias ganham vida. Descobre agora