A caçada

59 13 7
                                                  

As semanas se passaram e para minha grande surpresa eu volto a sonhar com o tal cara. Como pode um sonho tão bobo se repetir novamente? Ahh essa resposta bem simples e fácil, só você ter uma amiga que não para de te pedir retratos falados e ter uma irmã que se amarra muito em romances...

-Nick? Posso entrar? - Não sei pra que a Paula me pede permissão se entra na minha sala na maior euforia.

-Claro Paula. O que você quer? - Noto que Paula esta acompanhada por um homem na casa dos seus 30, 35 anos.

- Nick este é Caio. Ele é um excelente desenhista. Perfeito para retratos falados - diz isso com uma piscadela, ahh Paula você me paga!

- Boa tarde Caio. Sou Nicolly. Não sei o que minha secretária te disse, mas ultimamente ela anda com uns, digamos, parafusos a menos - Olho para Paula com um olhar severo que ela logo reconhece - Peço que o senhor me desculpe por todo esse mal entendido.

- Ora! Ora! Senhorita Nicolly, não se sinta envergonhada. A Paula me contou sobre seu sonho e queria um retrato do rapaz. Não a leve a mal, pode parecer que não mas isso já se tornou comum na minha profissão, a senhora não sera a primeira e nem a última.

- Nick pensa com carinho eu só quero te ajudar. Estou tao empenhada em achar o tal cara que você nem imagina.

Paula faz uma cara de criança pega no flaga, acabo sedendo, mas a nossa conversa mais tarde iria acontecer!

- Bom senhor Caio...

- Por favor me chame apenas de Caio, afinal não sou tao velho. - Ele da um mega sorriso e acabo sedendo, afinal não me custa nada fazer a tal descrição.

Depois de alguns minutos ele me entrega um desenho, na verdade não tem nada de parecido, pois o tal cara tinha um brilho no olhar, um olhar sedutor, uma boca carnuda, um peitoral de deixar qualquer um no chinelo...

-Nick? E ai menina diz logo o que achou... - Paula parece uma criança quase explodindo de tanta expectativa, para não decepciona-la digo que esta bem parecido. Paula quase explode de tanta euforia pois finalmente tem uma imagem do tal cara.

- Eu te disse Nick! Caio é um grande profissional. - Não posso negar que ele desenha muito bem, mas não chegou nem perto daquilo que eu descrevi...

Enfim pago por seus serviços e Paula volta pra sua mesa, já posso ve-la fazendo uma busca incansável de inúmeros nomes no facebook para ver se encontra alguem parecido... Coitada.
Agora posso focar na minha empresa e finalmente esquecer que esse cara existe. Gente foi apenas um sonho, tenho vontade de gritar! Mas de nada adiantaria. Bom, enfim posso dar continuidade a minha vida sem interrupções.
As semanas se passam e com ela a vontade de Paula de caçar o meu pretendente. Enfim tudo volta ao normal, bom assim eu pensava.

O Cara Dos Meus SonhosOnde as histórias ganham vida. Descobre agora