Prólogo

10.8K 436 52

Você nunca ouviu isso?

Que sua sexualidade é uma opção ou uma escolha?

Você deve ter ouvido, se for gay. Desde cedo existem vários questionamentos como: você tem certeza? Não é apenas uma fase? Você não quer apenas chamar atenção?

E daí a pouco estouram as afirmativas: você não encontrou a mulher certa (ou o homem certo, caso você seja sapata), você precisa encontrar Jesus, você só está confuso.

Tem também as clássicas: como você vai ter filhos? Você é muito bonito para ser gay. Não me importo que você seja gay, contanto que se vista, ande e seja igual a todo mundo.

E em sequência, temos a homofobia velada: Não tenho nada contra, mas..., Tente manter o respeito, tudo bem você ser gay, mas, não precisa ficar se comendo na frente dos outros, né? Ou aquele delicioso contra argumento level 01: Não sou preconceituoso, tenho até amigos gays.

Alô, é do século XIX? Então, tenho uns bagulhos para mandar de volta.

Talvez você tenha sido questionado muito cedo ou agora há pouco, a depender da sua destreza, coragem e boa vontade de compartilhar com o mundo seu verdadeiro eu. Primeiro que você não é obrigado. Segundo que ninguém pediu a opinião desses babacas. E terceiro é que você pode se divertir muito com tudo isso.

Caso não seja gay, segure bem esse livro, prepare-se para das boas risadas e entrar na mente de alguns caras que conheci. Por que prometi a mim mesmo, há quatro anos, que minha missão é divertir, seduzir e converter.

Os héteros, é claro.

Vênus em Touro [DEGUSTAÇÃO]Leia esta história GRATUITAMENTE!