Capítulo 7

142 16 25

Acordo com um barulho alto , e assim que abro os meus olhos me deparo com uma Ruby dançando animadamente pelo quarto, em plena seis horas da manhã de um sábado.

— Ruby! Diminui o volume da música, por favor. – murmuro me enroscando na coberta novamente.

— Vamos Ellie, levanta, hoje é dia de festaaa. – diz Ruby sorrindo e em um tom muito alegre.

— São seis horas da manhã de um sábado. Sabe o que isso significa? Isso mesmo,hora de dormir . – digo tentando voltar ao meu maravilhoso sono, que foi interrompido.

— Ellieee, vamos levanta. – insiste a mesma e eu não respondo.

— Vai ser assim? Então tá, você que pediu. – a mesma fala e escuto os passos dela indo na direção oposta da minha, porém quando ela volta, sinto algo molhado e gelado em meu rosto.

Água.

— RUBY!!!! Você me paga!! – falo levantando da cama e indo na direção da mesma, que quando me vê já de pé corre em direção a porta principal do quarto, sumindo logo em seguida.

Como já está em pé e molhada, resolvi ir tomar um banho para dispersar o sono, já que não vou conseguir dormir de novo. Não demorei muito, porém deu tempo suficiente da Ruby voltar para o quarto e limpar a bagunça que fez na minha cama, o que me deixou grata, pelo menos ela limpou/ secou.

— Desculpa. Afinal, que horas você chegou ontem? – ela começa a falar.

— Você já estava dormindo, não quis te acordar. Para falar a verdade eu não olhei a hora, mais foi antes do portão do dormitório fechar. – falo , porém com uma certa duvida do horário exato que cheguei.

— Entendi,tem algo para me contar? – diz animada.

— Tenho! – falo causando suspense, porém logo continuo com minha fala. — Mas como punição de ter me acordado em plenas 6:00 horas da manhã, de um sábado, vai saber só depois do café da manhã, que a senhorita irá pagar. – falo me divertindo com a situação que enfiei ela.

— Sério isso? Por que eu tenho que pagar? Argh... – derrotada me direciona um "vamos logo".

[...]

Fomos em uma cafeteria próxima ao campus e na volta comecei a falar sobre o motivo do meu sorriso.

— Sem mais nem menos, sei que você está curiosa, então não se assuste com o que vou falar. – aviso antes sem querer muita enrolação, porém acabo enrolando.

— Fala logo Ellie. – Ruby se pronuncia me dando um leve tapa no ombro.

— Ei! Está bem, está bem .Vou falar, mas primeiro tenho que contar algo que nunca mencionei , e que está relacionado com o que você quer saber.

— Certo. Pode começar.

— A família Hall administra a empresa Technology Hall a muitos anos e essa empresa está espalhada pelo mundo. Um desses lugares é a Europa, e quem está atualmente administrando ela é um dos irmãos do meu pai e eu vou para lá, ajudá-lo nas pequenas coisas, já que não tenho a formação necessária. Serei praticamente uma aprendiz, enquanto não adquiro o diploma correto. E com isso, assim que terminar meu curso aqui , vou me mudar para a Europa. – falo tudo que tenho e espero por sua resposta.

— Então você é da família Hall, da empresa Technology Hall ?!- concordo com um aceno. – Isso é confuso.

Depois disso não falamos mais nada durante todo o caminho até o dormitório, que ao chegarmos no campus, notamos um pequeno tumulto perto do nosso destino.

Love and Game | Kim TaehyungOnde as histórias ganham vida. Descobre agora