SE...

2 0 0

Se não for completo, não é por inteiro,   se   não   é   falso,   então   é verdadeiro, se não for eterno, é passageiro.

Nisto não há meio-termo.

Se não é pra ficar, é pra ir, se não é pra  chorar, é pra  rir,  se  não   é pra falar, é pra ouvir, se não é pra ir e ficar, é pra vir.

Tudo tem um propósito um fim.

Se não é bom, é ruim, se terminou, é fim, se quer, então está a fim, se tem começo, também tem fim.

Afinal de contas, tudo é o que é em fim.

Se não é presente, é passado, se não dói mais, foi superado, se não pesa mais, foi aliviado.

Nada permanece o tempo tudo no mesmo estado.

Se não é bem, é mal, se não é culto, é informal,    se    não    é    comum,    é sobrenatural, se é diferente, não é igual.

Pois, cada um é cada um no final.

Se não é certo, é errado, se não é de boa  vontade,  é  forçado,  se   não   é original, é imitado, se não chora mais, foi consolado.

Tudo é confrontado.

Se não é benevolência, é malevolência, se não é bondade, é maledicência, se não conhece por inteiro, não conhece na essência.

Nada é por coincidência.

POESIAS DEVANEIOS✓[Concluído!]Onde as histórias ganham vida. Descobre agora