Capítulo 2

202 38 27

Estava na universidade o dia inteiro terminando o meu projeto para a tarde de apresentação, daqui alguns dias. Faço design de games e desenvolvi um pequeno jogo, porém criativo e misterioso e estava dando os toques finais para a minha apresentação, quando minha amiga chega toda empolgada, com isso quero dizer gritando.

— ELLIE, ELLIE, ELLIE!!!!! – grita animadamente Ruby.

— O que foi? – falo concentrada no meu trabalho.

-Nossa que seca! Bem, advinha quem voltou para o campus ? – pergunta eufórica.

— Não sei e não tenho interesse em saber. – respondo calmamente.

— É por isso que você não arruma ninguém, nunca se interessa pelas pessoas. E mesmo você não querendo saber, irei falar de qualquer maneira. – fala decepcionada.

— Então porque perguntou? – questiono.

— Também não sei, talvez para te irritar! Bem quem voltou foi... – Ruby é interrompida por gritos eufóricos das garotas do campus.

— Já sei quem voltou. – falo revirando os olhos, bem eu não gostava do garoto mais famoso do campus e nem achava ele bonito como todas as outras, incluindo Ruby.

— Que bom, agora vamos. – fala alegre e com pressa.

— Ir para onde? Que eu saiba tenho um trabalho a terminar e não quero correr atrás de ninguém não. – falo antes que ela responda e eu tenho que fazer o meu discurso de sempre, de não gostar do garoto mais cobiçado do campus. Tenho meus motivos de não gostar dele.

— Tá,tá, então fique ai ,pois eu vou ir . Até. – despende-se de mim .

Volto a finalizar a minha apresentação, até que sinto fome e vou para o refeitório mais próximo que tinha. Lá pego algo simples para comer e sento-me em uma mesa perto da janela; passa-se algum tempo e eu termino o meu lanche, porém sinto alguém me encarando, procuro pelo refeitório e quando já estava quase desistindo me deparo com quem eu menos esperava, o garoto popular do campus, depois de ver quem era vou embora.

{...}

Depois que terminei o meu trabalho fui para a biblioteca da universidade pegar um livro para complementar a minha fala no dia da apresentação, como uma biblioteca normal essa também estava silenciosa, tendo apenas o barulho de folhas dos livros serem viradas e dos teclados de alguns alunos. Pego o que me interessa e saio dali indo  em direção ao meu dormitório, quando lembro que não tinha comido quase nada hoje, então pedi uma pizza para mim e Ruby.

Estava quase chegando no prédio onde fica o meu quarto quando me deparo com uma figura alta, encostada na parede ao lado da porta de entrada.  Como não tinha nada a falar continuei o meu caminho em direção a porta, sem dar confiança para ele.

— Boa noite para você também. – diz irônico para mim.

— Boa noite. – falo continuando o meu caminho, pelo menos tentei.

— Cadê aquela educação que só você tem? – pergunta na mesma ironia de sempre, enquanto segura o meu  braço para eu não ir embora e deixa-lo ali falando sozinho.

— O que você quer? – pergunto já perdendo minha paciência.

— Tenho uma notícia para você, irmãzinha! – fala com um sorriso no rosto.

Love and Game | Kim TaehyungOnde as histórias ganham vida. Descobre agora