Paixão de Cristo

7 1 0

Foi nos anos oitentaque os chegantes de entãoresolveram encenar,durante a Semana Santa,a tão famosa "Paixão"

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Foi nos anos oitenta
que os chegantes de então
resolveram encenar,
durante a Semana Santa,
a tão famosa "Paixão".

Jesus Cristo, soldados,
Maria de Nazaré...
cada ator amador
assumiu seu papel
na Paixão de Nosso Senhor.

A encenação começou
e Nosso Senhor Jesus,
fingindo grande esforço,
carregava sua cruz
enquanto subia o morro.

A "Paixão" seguia em frente
e o povo se emocionava!
E o soldado romano
que dava as chibatadas
aos poucos foi se empolgando...

Empunhava o chicote,
girava algumas vezes
e descia com vontade!
Mesmo sem perceber,
batia de verdade.

Jesus olhava feio,
tentava fazer sinais!
Mas o soldado não via
e com mais força batia.
Jesus não aguentou mais!

O Mestre largou a cruz
e "encarou" o soldado.
O romano, assustado,
desculpou-se com Jesus,
ajudou-o com a cruz
e prometeu ter mais cuidado.

A encenação prosseguiu
com Jesus mal-humorado!
E aquele pobre soldado
batia de levezinho,
com medo que Jesus Cristo
ficasse ainda mais zangado.

Só no Morro do Calvário
foi que o Mestre se acalmou.
Foi crucificado,
depois ressuscitado,
tudo exatamente
como o Evangelho narrou.

E o povo que assistia
foi pra casa aliviado!
Outra vez Jesus morria
e perdoava seus pecados.

Altas Histórias do ParaísoRead this story for FREE!