Styles se torna um aliado

70 10 28

Execuções. Talvez essa seja a terceira essa semana. Dessa vez,  é de um homem chamado Gavin. Seu crime? Roubar um pão. Deus, o que meu país se tornou?! 

TUDO POR MINHA CULPA... TUDO POR MINHA CULPA... TUDO POR MINHA CULPA...

MERDA! MIL VEZES MERDA! 

Me jogo na cama, cansado. Styles, o mesmo que escoltou David e eu até o gabinete de meu pai (que agora é de Seabury, veja só você!), está arrumando e limpando o quarto.

- No que está pensando, Vossa Alteza?- Ele pergunta, enquanto espana uma estante de madeira.

- Não sou mais Vossa Alteza, Styles. Sou um traidor.- crispo os lábios

- Je sais.- Ele diz, em francês. - Também sou um traidor.

- VOCÊ... o quê?! 

Ele dá um risinho discreto e pulo da cama.

- Calma, Vossa Alteza! Beba um copo d'água e lhe contarei tudo.

Ele conta.

Fala que, em 1779, foi um dos espiões de George Washington, e que acabou por se infiltrar no palácio em uma das missões. No início, estava focado em sua missão, como um bom espião estaria. Mas ele também conta que, durante esse tempo infiltrado no palácio, se apaixonou por Jane Hawkings, uma moça que trabalhava como camareira assim como ele, e que, em minha meninice, também fora minha babá. Também se afeiçoou a mim, um garoto de dez anos (na época), com uma relação de amor e ódio com o pai, órfão de mãe e iluminista. 

- Então fui ficando... com o tempo, me desliguei cada vez mais de minha missão e fui me fixando aqui...

Ele cora.

- O que você teve foi coragem, Styles. O que eu tive foi egoísmo...

- Você foi impulsivo? Sim, e muito, mas você também foi corajoso. E o que está acontecendo não é culpa sua. Isso poderia acontecer mais cedo ou mais tarde, Vossa Alteza. 

- Como pode ter tanta certeza, Styles?

- Pelo que sei, Seabury sempre quis ser poderoso e sempre foi ambicioso; a sua partida e a doença de seu pai foram a oportunidade que ele esperava para alcançar o poder. Por isso... não se culpe tanto. Veja as coisas boas que você fez e fará!

Fico calado por um tempo. Ele também. Até que fala:

- Sabe... você não é o único que não gosta do reinado de Seabury; ninguém está gostando da administração dele. Por isso... vou te ajudar.

Sorrio.

Just you wait, Vadre-reto Seabury!















The King's sonLeia esta história GRATUITAMENTE!