Capítulo 4

2K 342 101

*Rose*

Me apoiei no corpo grande de Zatan que me segura firme pela cintura, encaro esse miserável alien que quase deu cabo da minha preciosa vida.

-Zor, Saía daqui! Conversaremos muito sério sobre o que aconteceu aqui!- Me olhando com ódio ele inclina a cabeça para o bronzeado e sai balançando sua calda que ele logo recolhe de um jeito estranho.

Me virando de frente para ele, Zatan segura meu rosto.
- Você esta bem!?..me deixe ver seu pescoço. Zorark! Ele iria lhe estrangular! Você ficou sem juízo! Nunca mais dirija a palavra a Zor!- Alisando meu pescoço ele fala essa palavra estranha que deve ser algum tipo de chingamento e me encara visivelmente preocupado que eu nem sei o que dizer.

-...Liliat...ele não é como eu ou qualquer outro macho do meu planeta! O seu planeta foi destruído e eu ó acolhe durante uma das minhas viagens e ele prometeu me servir como forma de  gratidão, mas ele não entendi o quanto vocês fêmeas humanas são importantes para nós...por isso fica longe dele!- Só consigo encara-lo e achar muito fofo a forma como ele está se preocupando comigo. E dando um suspiro ele encosta sua testa na minha.

-...Odeio imaginar que você poderia estar morta...por favor, controle essa língua.- Tê-lo tão perto me deixa como se eu estivesse com falta de ar, minha respiração acelera por ver que seus lábios estão tão próximos dos meus, mas eu sei que ele não vai me beijar, talvez nem saiba o que é isso, mas eu posso fazer ele descobrir.

Em um surto de coragem e adrenalina envolvo meus dedos em seu cabelo cumprindo, me olhando com surpresa ele arregala seus olhos amarelos, mas antes que ele se afaste trago seus lábios junto aos meus. Percebo seu corpo enrijecer ao eu sugar seu lábio inferior e apertando minha cintura ele me imita sugando meu lábio superior. Com calma mostro a ele o que fazer e o danado aprende rápido, parece ter gostado e eu mais ainda, porém, estou sem ar, tento me afastar, mas ele me segura firme pela nunca. Eita porra! Acho que vou morrer sufocada pelo beijo do Alien gostosão.

Me virando na parede ele cola nossos corpos, aperto sua nuca afastando um pouco, mas ele parece faminto e pronto para me devorar. Socorroo! Senhorrr! Era só um beijo!
-Rose!...Rose! Você está bem!?- Me soltando rápido ele para o beijo avassalador que estava quase partindo para outras coisas. Minha nossa!

- Eu...eu estou bem...bem até de mais.- Digo quase sem ar. Encaro ele que leva a mão aos lábios e encara a porta  voltando a me olhar desnorteado, e eu vive para ver um homem...ou melhor Alien desse tamanho com vergonha por ter sido beijado.
Passando a mão nos cabelos ele toma sua postura de alien fodão me encarando de forma séria.

- Não era para você está aqui....vamos! Você já causou problemas de mais por hoje.- É o quê!? Coloco minhas mãos na cintura o encarando muito séria, pois não acredito que ele disse isso após trocarmos um beijão desses!

- Escuta aqui seu Alien mal agradecido! Eu não causo problemas são eles que vêm atrás de mim! E eu não tenho culpa se Voldemort têm o pavio curto e se você é um belo de um Alien lerdo.- Ahh..Falei!
Estreitando os olhos ele aponta para o corredor para que eu vá para o meu quarto. Pronto! Virou meu pai agora! Mas eu vou mesmo para deixar de olhar para cara de idiota dele.

- Tchau, Paula.. depois dou um jeito da gente conversa e sem interrupções.- Ouço ela se despedir e de nariz em pé sigo em direção ao meu quarto. Ele vêm logo atrás, não resisto e sorriu por ter sido tão louca a ponto de beija-lo.

- Misericórdia! Se ele tem uma pegada daquelas sem nunca ter beijado...imagina só...héé...melhor nem pensar, pois nesse nível aí eu ainda não cheguei e com certeza ele me partiria ao meio.-  Arrepio ao parar de frente para minha porta e ouvi-lo rosnar. Fico de frente  o encarando e ele realmente me lembra um lobo, pois além de rosnar, os seus dentes caninos também são maiores do que o normal, e esses olhos amarelos que às vezes ficam azuis quase branco é um mistério.

O Supremo Alien-  *Série - Amores Aliens. Livro 1*Onde as histórias ganham vida. Descobre agora