Capítulo 29

7.5K 841 952

⚠️Avisos Importantes⚠️

• O nome do meu perfil mudou para JacqueDark, então não estranhem, é a mesma autora.
• Tenho um segundo perfil onde estou postando um romance não Dark. Se você também gosta de romances um pouco mais leve, com uma pegada hot, me segue lá, já tem uma história iniciada.

JJAmestrong
https://my.w.tt/53REGWDYrU

Agora segue o Capítulo

Sem Revisão

Enrico

Meus olhos fitavam aquele rosto de anjo, a boca rosada entreaberta me desafiando, aquela atitude dela faz despertar um sentimento primitivo dentro de mim. Se ela soubesse como me excita essa sua rebeldia, jamais me desafiaria, porém ela gosta de ver meu lado bom, sim, esse é meu lado bom, deixar alguém me afrontar e continuar respirando, isso nunca aconteceu antes, nem com homens e muito menos com mulheres, no entanto, ela já passou de todos os limites e continua viva.

Ri por dentro, que ironia, um homem como eu, mafioso temido, cruel, conhecido por todos como o implacável, completamente apaixonado por uma menina de 19 anos, inocente, boa, com uma pureza não só de corpo como de alma. Eu e ela somos opostos, por mais que eu tente corrompê-la, não consigo e na verdade eu não o quero, gosto dela assim, será uma excelente mãe.

Apesar de ter uma aparência frágil, ela tem fibra, por mais que eu a maltrate, por mais que eu a machuque, não consigo dobra-la completamente, ela apenas cede para não sofrer, porém, quando ela me afronta, sabe que as consequências serão negativas para ela, mas mesmo assim o faz, ela realmente é única, uma garota muito corajosa.

Ela desprezou o meu amor, isso não me surpreendeu, já esperava essa reação dela, porém isso feriu o meu orgulho, claro que ela nunca saberá disso, eu a forçarei a aceitar esse amor, seja em gestos ou em punições, não me importa, eu vou demostrar o quanto a amo de todas as maneiras e ela vai ter que aguentar as consequências de suas escolhas, ela prefere assim, assim será.

Me aproximo de seu rosto, vejo medo em seus olhos, ela pensa que vou puni-la, não vou, não agora, eu vou demostrar o quanto a amo.

Deslizo minhas mãos em seus cabelos macios, ela respira fundo, sinto algo vibrar dentro de mim, meu coração bate tão forte que posso ouvi-lo como tambores anunciando esse sentimento que toma conta de cada fibra do meu corpo. O que sinto por ela não é somente sexual, é muito mais, claro que fazer sexo com ela é foda pra caralho, nunca comi uma mulher tão gostosa quanto ela. Depois que trepei com ela a primeira vez, meu pau não queria saber de mais ninguém, só ela, todo esse tempo que estamos juntos, não transei com mais ninguém, só ela me basta.

Continuei deslizando minhas mãos em seus cabelos, eu desejo ter uma vida com ela, desejo coisas que jamais imaginei, eu quero casar com ela e ter um filho. Só de pensar nisso faz meu pau se manifestar. Paro de acariciar seus cabelos e a trago junto de mim abraçando-a forte, sinto seu corpo estremecer, suas palmas estão em meu peito, ela quer me afastar, porém tem medo de fazê-lo, sensata, se ela me empurrar agora, sentirá toda a minha frustração por sua negativa ao meu amor, em seu lindo rosto, eu não quero machucá-la agora. Falo em seu ouvido com voz cheia de desejo:

— Você acha que te dou alguma escolha para aceitar ou não o meu amor? Não baby, eu vou obrigá-la a aceitá-lo, o que sinto por você é suficiente para nós dois.
— Enrico, você não pode obrigar alguém a amá-lo

A fiz olhar para mim e disse:

— Eu posso e vou, se acha que eu sou cruel com você, prepare-se então para o meu lado amoroso, ele é muito pior que meu lado cruel baby e você vai aprender o que é ser amada por mim. Por agora, eu tenho um presente para você.

Sob o Jugo do Mafioso +18 concluído Leia esta história GRATUITAMENTE!