Capitulo Quatorze

4K 591 342

Cheguei!!! E a maratona veio junto 😉
〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️〰️

Castiel Almeida

Observo Adrian se sentar em minha na mesa, e continuo bebendo meu chá de mate, pensando se realmete tomei uma decisão certa.

- Posso tomar café com você? - Ele pergunta após alguns minutos em silêncio.

- Claro, mas antes você vai no banheiro lavar essa cara de zumbi e vai escovar os dentes, pois eu sei que bebeu. - Falo olhando para ele e pego um pão de forma, passando maionese.

- Está dizendo que estou com bafo? - Ele pergunta incrédulo.

- Sim! - Falo sincero e mordo um pedaço do meu pão.

- Credo! Sua sinceridade ainda vai me enlouquecer. - Ele diz e se levanta resmungando.

Vejo ele ir até o corredor e entrar na porta do meio, que é o banheiro.

Solto uma risada baixa e termino de comer meu pão. Alguns minutos de passam e escuto um choro baixo vindo do quarto de Evan. Me levanto para ir até lá e no mesmo momento Adrian também sai do banheiro.

- Aconteceu alguma coisa com ele? - Ele pergunta preocupado, e quase reviro os olhos, mas acho fofa sua preocupação.

- Ele apenas acordou Adeain, relaxa! - Falo e entro no quarto em frente ao banheiro, vendo Evan de pé no berço com um biquinho nos lábios.

Adrian vem atrás de mim, e quando Evan o vê, abre um sorriso banguela.

- Adi... boy! - Ele diz feliz e suas perninhas não ficam mais quietas.

- Oi ruivinho! - Adrian sorri e me olha, como se pedisse uma permissão para mim e eu concordo com a cabeça.

Ele logo segue até Evan e o pega em seus braços, o enchendo de beijos, fazendo ele rir com vontade.

- Aproveita e troca ele. - Falo e Adrian me olha assustado.

- Eu não sei fazer isso. - Diz apavorado e Evan deixa um tapinha em seu rosto, puxando seus cabelos que batem em seu ombro.

- Aprende! Não quer cuidar dele? - Pergunto com uma sobrancelha levantada e ele assente com a cabeça.

- Hum... tudo bem, mas você tem que me ajudar. - Ele diz me olhando e minha vontade é rir da cara que ele faz. "Um homem desse tamanho, com medo de trocar uma fralda".

Pego as coisas para ele e peço para ele por Evan no trocador. Ele faz o que eu falo e vai seguindo minhas instruções para poder colocar uma fralda. Evan se diverte com tudo e isso me deixa feliz por ver meu filho dessa forma.

- Acho que consegui. - Ele diz sorrindo e eu solto uma gargalhada.

- Acho que não... a fralda está dos avessos ogro. - Falo ainda rindo e afasto ele um pouco. Tiro a fralda de Evan e a coloco novamente de forma certa. - Essa é a forma certa. - Falo olhando para ele.

- Eu estou tentando ok? Nunca fiz isso na vida. - Ele diz e eu pego Evan em meus braços.

- Ah jura? Nem havia percebido. - Debocho dele, que me olha e solta um bufo irritado.

- Você me irrita, sabia? Deus me livre! - Ele resmunga e sai do quarto junto comigo.

- Quer desistir? - Pergunto olhando para ele de relance.

- Jamais cabelo de fogo! - Ele responde e reviro meus olhos.

- Não me chame assim. - Aponto para ele e Evan tenta imitar meu gesto, o que me faz rir.

Cowboy Indomável (Mpreg) - Duologia "Indomável" - Livro 02Onde as histórias ganham vida. Descobre agora