Capítulo 28

7.7K 860 1.6K

Tradução da Inscrição na mídia acima

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Tradução da Inscrição na mídia acima

"você acordou a fera em mim agora é hora de descobrir o que isso significa"

Sem revisão

Norah

Meus olhos arregalados olhavam para aquela coleira reluzente, como se fosse uma prisão para sempre. Meu coração acelerou, minha boca estava seca, eu não quero aquilo, mas não tenho escolha. Meus olhos desviaram-se da coleira para o Enrico, ele havia colocado uma calça justa, olhei para seu tórax perfeito, abdômen definido e aquela tatuagem no peito que significava sexo e Luxúria. Minha respiração acelerou, estou com medo mas ao mesmo tempo excitada, eu quero ser a submissa dele, porém sem dor, não quero que ele me machuque. Escutei sua voz sedutora ordenar:

— Vire-se
— Entico, eu não quero
— Não vou repetir, se não me obedecer terá punição

Fiz o que ele mandou, levantei-me e virei de costas para ele. Meu corpo nu arrepiou-se ao senti-lo aproximar-se por trás. Enrico segurou a coleira com as duas mãos e a estendeu os braços sobre os meus ombros e posicionou a coleira na altura dos meus olhos, ele disse com a boca encostada no meu ouvido.

— Leia a inscrição em voz alta

Olhei para a coleira atentamente e vi as palavras gravada : "Pertence a Enrico Falcon". Então as repeti como ele mandou.
— Muito bem baby, agora vou colocar a coleira e a partir de hoje, você me chamará de Mestre todas as vezes que eu dizer para fazê-lo durante a nossa intimidade você o fará, entendeu?
— Sim
— Essa coleira tem uma chave que ficará comigo, eu terei o controle de tirá-la quando for necessário, você jamais a tirará sem que eu autorize, entendeu?
— Sim
— Ótimo!

Enrico então, posicionou a coleira no meu pescoço e a fechou com a chave. A peça era linda, consistia de duas carreiras de diamantes, incrustada em um aro de ouro. Havia um pingente em formato de argola também de ouro. A coleira ficou rente ao pescoço, porém toda a volta do aro era revestido de cetim, fazendo com que não me machucasse.

— Olha no espelho
Andei para ir em direção ao espelho, porém Enrico me segurou forte pela cintura e me estreitou nos braços, falou em meu ouvido com voz aveludada:
— Não esqueceu de nada?
— Me desculpa, eu deveria ter falado sim Mestre
— No próximo deslize terá punição, entendeu?
— Sim Mestre
— Muito bem! Agora vai
— Sim Mestre

Fui até o closet e me olhei no espelho, a peça era realmente linda, lembrava uma coleira, mas para uma pessoa que não estava familiarizada com a vida de submissa, pensaria que era apenas uma joia linda. Os diamantes brilhavam a luz, ofuscando a minha visão. Passei as mãos pelas pedras, elas serão minha companheiras até quando Enrico decidir não ser mais meu dono. Ouvi a voz dele vindo do quarto ordenando:
— Norah, vem até aqui
Sai rapidamente do closet, fiquei de frente para ele e disse:
— Estou aqui Mestre
— No treinamento de hoje você aprenderá algumas palavras e seus significados. Vou falar cada uma pausadamente, grave bem cada significado, se errar quando eu perguntar será punida, entendeu?

Sob o Jugo do Mafioso +18 concluído Leia esta história GRATUITAMENTE!