Eu estava deitada de ponta a cabeça admirando o chão. Se você acha que eu sou uma "princesinha" está enganado. Eu sou o Diabo em pessoa, parei me senti o Jason agora, Peguei meus fones e coloquei uma música eletrônica do David guetta ao meu lado, peguei um pote de Nutella. Pra que me socializar com as pessoas? quando se tem um pote de Nutella ao seu lado  Eu odeio seres humanos, odeio manter contato, eu sou feliz sozinha, eu amo animais, eu desenhava também quando criança, e eu fiz ballet mas não deu certo, na natação eu afoguei duas garotas e tentei matar um garoto que não me dava seu lanche, eu era uma nanica de 1,56 com 15 anos.

Moro com minha mãe e seu novo rato namorado, ops é meu padastro Stuart sua presença me causava ânsia de vômito, ele  vinha pra cá mais ele não era um tipo visita agradável , ele ficava aqui 24 horas por dia o gordo  era legal mas ai está o problema, ele puxava assunto e eu odeio falar, me cansa, meu pai me abandonou e foi morar com a cobra que e mãe dos seus três filhos homens, na verdade não sei se são homens, Eu nunca mantenho contado com os "meus irmãos" eu odeio ter contato com seres humanos como havia dito, bom ao contrario de muitas que andam se lamentando da vida, minha mãe não tinha tempo pra mim porque trabalhava muito. E quando estava em casa, saia com a baleia orca, mas eu não sentia falta ... Faltava uma semana pra eu ir morar com meu pai, Na verdade ou eu moraria com ele ou seria obrigada a ir para um internato, sim eu iria ter que morar com meu pai Minha mãe vai viajar por causa de trabalho, e irá passar um ano no Japão, ou China, eu sei lá dá no mesmo.

Esther [{A editar }]Leia esta história GRATUITAMENTE!