capítulo dois;

1.5K 312 244
                                              

Doyoung estava sentado no sofá de couro branco enquanto Baekhyun pegava seu notebook na mesa do café.

— Ok, Doyoung...

O Byun suspirou abrindo uma pasta na área de trabalho chamada «Possíveis namorados – KDY».

— Por que eu preciso fazer isso de novo? Por que não uma namorada? Seria legal sair com a Seulgi.

— Eu sei que seria. — Baekhyun respondeu sem tirar os olhos da tela em sua frente. — Você não percebe que isso vai te tornar popular novamente? Uma foto de você beijando outro cara vai literalmente quebrar a internet!

Doyoung pôs a língua para fora.

— Eu tenho que beijar ele? Ew...

Baekhyun apenas o ignorou e levou o notebook em direção ao amigo.

— Esses são alguns caras que nossa equipe achou. Escolha um.

Relutantemente, o Kim pôs o notebook em suas pernas e passou as imagens.

— Quem são mesmo esses caras? Eu só conheço, tipo... quatro deles."

Baekhyun clicou na primeira foto, era um garoto de cabelos loiros.

— Esse é Holland. Ele tem vinte e dois anos, e foi o primeiro k-idol a se assumir realmente gay e está disposto a estar em um relacionamento falso com você e tolerar sua personalidade chata por dois meses.

Doyoung apenas rolou os seus olhos e Byun levou isso como um sinal para passar para a próxima foto.

— Esse é Jo Kwon, vinte e nove an-,

— Segue. — Interrompeu, tirando seu celular do bolso para tweetar alguma coisa idiota.

O mais velho grunhiu, tentando não dar um soco no amigo.

— Você é tão irritante. Pode, por favor, não ser um imbecil por cinco segundos? Eu estou fazendo isso por você!

Embora Doyoung realmente quisesse dizer para Baekhyun que ele 'nunca tinha pedido por isso', ele sabia que não podia. O mais velho era um incrível empresário, e agora, o Kim, provavelmente, não seria nada sem ele.

— Me desculpe, vamos voltar para as... fotos.

O Byun e o Kim olharam as fotos de homens gays por uma hora inteira, não sendo capazes de achar um que Doyoung realmente gostasse. Depois de tudo, o de cabelos roxos queria bater em todos eles.

— Por que razão um monte deles são youtubers? Tem, tipo, alguma regra não dita onde você precisa ser gay para ser um youtuber?

Baekhyun encolheu os ombros.

— Eu não sei muito sobre eles. Jooe que me ajudou a os escolher.

— Então sua 'equipe especializada' é a sua filha? — Doyoung riu, arqueando uma sobrancelha.

— E minha esposa! Taeyeon e Joee são, definitivamente, mais atualizadas que eu nesse tipo de coisa.

— É, tanto faz... Quantas fotos nós ainda temos? — O Kim bocejou, alongando seus braços atrás das costas.

— Uh, apenas mais duas. Esse é Park Jimin, você sabe quem ele é. Não parece um boa opção, né... ele está no auge, não deve aceitar.

— Uh é verdade. E as pessoas, provavelmente, iriam colocar os holofotes para ele e não para mim. — Doyoung disse depois de bocejar alto mais uma vez, descansando sua cabeça no ombro do melhor amigo.

— Isso nos leva ao nosso ultimo candidato, que é particularmente o meu favorito. Ele se chama Jung Jaehyun, viveu uns tempos na América e tem vinte e um anos. Ele é amigo da Taeyeon e eu já me encontrei com ele várias vezes. Ele também é um fã da sua música e vocês têm o mesmo gosto musical. Você vai se dar muito bem com ele.

Baekhyun colocou o notebook na perna de Doyoung, o mostrando uma foto de um garoto de cabelos negros. Ele estava usando uma jaqueta preta de couro e uma calça skinny da mesma cor. Ele estava pousando ao lado de Taeyeon, esposa do Byun, então o Kim deduziu que ele era provavelmente um modelo.

— Ele não parece gay...

— Oh, você está certo. Ele se esqueceu de levar seu arco-íris para a sessão de fotos! — Baekhyun disse sarcasticamente.

O de cabelos roxos rolou seus olhos pela milésima vez naquele dia.

— Eu acho que ele vai servir.

*

oi meus nene! obrigada pelo carinho do primeiro capítulo <3 continuem a comentar e a votar, amo vcs!

FOR THE SAKE OF FAMEOnde as histórias ganham vida. Descobre agora