Capítulo 30

877 72 21

"Vamos ativa a falsidade aqui meu povo."- penso.

Eu: Bom dia, Jenny. Está a procura do seu irmão, ele deve está na área externa da empresa.- falo com a voz mais doce da minha vida com um sorriso grande.

Jenny: Não precisar ser falsa e nem chega perto de mim para conseguir o meu irmão.- aumento mais o meu sorriso.

Eu: Não preciso ser interesseira que nem você.- dou uma piscadela pra ela.- Estava tentando ser sua amiga, mas como a minha amiga Cloe sempre diz "Fazer amizade cobra é pedir para morrer envenenada."- olho bem nos olhos dela.- Tenha um bom dia.- saio sem deixá que ela fale um Pio.

            Vou para a minha sala. Olho me meu computador e vejo que tem dois e-mail do Ryan. O primeiro dizendo que está na área externa da empresa e o segundo é sobre um projeto. Começo a trabalhar no projeto, quando estava quase na metade do projeto, o meu celular começou a tocar e atendo.

Eu: Quem quer escuta a minha linda voz?- falo implorando que não seja o Ryan.

Matt: Olha se você está falando nessa voz desafinada, que sai sangue dos ouvidos. Não quero escutar não.- fecha a cara na hora.

Eu: Idiota. Fala logo desgraça.

Matt: Vamos almoçar no BOB's?

Eu: Já são meio dia?- falo surpresa.

Matt: Nossa estava tão concentrada assim.- começo a colocar as minhas coisas na minha bolsa.

Eu: Parece que sim. Quem vai ir comer no Bob's?- falo já saindo da minha sala.

Matt: Vai eu, a Letícia, não sei se o Colin vai, já que vocês dois estão brigados. Aaah a Cloe conseguiu vim no Bob's daqui.- fico animada na hora né.

Eu: Que bom.- entro dentro do elevador.-  Já está aí em baixo?

Matt: Sim, só estamos esperando a Cinderela.

Eu: Eu tive que esconder bem escondido o meu sapatinho pra nenhum príncipe acha.- escuto a risada escandalosa do Matt no outro lado da linha.

Matt: Está se escondendo mesmo do seu príncipe encantado.

Eu: Claro, não que ser escrava de homem tão cedo.

Matt: Kkkk só você mesmo. Po você está demorando, ainda não saiu da sua sala?

Eu: OU cabeça dura esqueceu que a porra do elevador é mais lento do que lesma.- o elevador abre a porta e eu dou graça a Deus. Ao abrir a porta vejo o meu irmão já me olhando.- Parece que o Colin não veio almoçar com a gente?- falo olhando ao redor.

Letícia: Eu tentei convence-lo, mas ele foi almoça com a Alexandra. Cara pensando bem tem alguma coisa dela que não me trás uma boa sensação.

Eu: Cara até a Letícia percebeu, só o babaca do Colin não prestou atenção.

Matt: O cara está apaixonado mana.- saímos da empresa.

Eu: Apaixonado porra nenhuma. Aquilo ali chama falta de sexo.- vejo o meu irmão e a Letícia começarem a rir.- Mas não é verdade?

Cloe: O que é verdade?- acabo dando um pulo por causa do susto.

Eu: Ou desgraça avisa porra.- coloco a mão no coração- Que o Colin não está apaixonado pela Alexandra e sim falta de sexo.- vejo a Cloe começa a rir e fomos para fila que tava pequena.

Cloe: Deixa o coitado quieto.- chega a nossa vez de pedi o pedido.

Eu: Vou querer duas porção de batata frita especial, 2 X-tudo e duas garrafas de coca-cola de 600ml.- me viro pra Cloe.- Na próxima você paga o meu lanche.

Is it love? RyanLeia esta história GRATUITAMENTE!