15. Jimin's little baby

9.6K 1.1K 3.4K

LEIA ESTE AVISO IMPORTANTE, antes de iniciar a leitura:

Aviso: O AGE PLAY NESTE CAPÍTULO. Como vocês já sabem, o Daddy Kink está inserido no Age Play. O daddy kink é, necessariamente, um dos praticantes fazendo o papel de pai e o outro de filho. Ao pé da letra, daddy kink significa "fetiche de pai". No capítulo anterior, Jimin deixou claro que não seria "pai" do JK; eles não chegaram a definir qual o parentesco simulariam no play. Sendo assim, o Age Play que vai rolar não é daddy kink exatamente, mas essa é apenas uma tecnicalidade. Esqueçam todos os DaddyKink's/AgePlay's que vocês andaram lendo por aí, ESPECIALMENTE nas fics jikook. 99.9% estão todos errados, com coisas que sequer fazem sentido. As pessoas escrevem sobre bdsm, baseadas em pesquisas rasas demais, e o resultado é similar a um trabalho escolar mal feito. Bem, felizmente não é o meu caso. Então prestem bem atenção neste play, tendo em mente que eu, inclusive, deixei ele mais suave do que os plays realizados na 'vida real' pois não quero ninguém ficando desconfortável, como já aconteceu comigo há tempos atrás, quando li um age play que era 100% fiel à realidade, e acabei achando bizarro demais pra minha mente na época.

  Boa leitura.

----------------------------------  

Já fazia um par de dias que Jungkook não via Jimin direito. Desde o episódio na cozinha, o mais velho saia de casa em busca de um novo emprego e largava Jeon sozinho. O que o deixava bravo, não com Jimin, mas consigo mesmo. Tinha sido um vacilo e tanto, criticar o Park, mesmo que sem querer, por ter agido de forma brincalhona, totalmente oposta à sua personalidade séria usual. E é claro que aquilo fez com que o lúpus se retraísse novamente, voltando para dentro de sua "casca". Não deixava de dirigir à palavra a Jeon, tampouco tratava-o mal. Todavia, falava apenas o básico, fugindo sempre de qualquer interação mais profunda. Basicamente, Jimin voltara à sua típica personalidade evasiva.

Aquilo era uma punição? Um castigo? Jungkook não sabia. Aliás, nem tinha certeza se os dois queriam dizer exatamente a mesma coisa. De acordo com tudo o que o lúpus havia lhe ensinado, aparentemente um seria prazeroso e o outro doloroso, e não necessariamente a dor seria física.

Nos primeiros dias, principalmente por Jungkook estar doente, Jimin dormia no quarto de hóspedes, junto ao ruivo. Mas depois do desentendimento na cozinha, o lúpus passara a dormir em seu próprio quarto, sem dar nenhuma explicação sobre isso. Não que ela fosse necessária, estava óbvio o motivo.

Jungkook estava quebrando a cabeça, pensando num modo de voltar às boas com o Dominador, então passava horas pesquisando sobre os jogos dentro do BDSM dos quais ele poderia se valer. 

Até que, subitamente lembrou-se de que a resposta estava bem ali, na sua cara: O tal age play.

Afinal, fora por conta da conversa sobre a prática  fetichista em questão, que nascera o desentendimento súbito entre os dois.

Jimin tinha combinado que esta seria a primeira brincadeira deles, e que não teria conotação sexual alguma. O rapaz falara até mesmo sobre a idade que Jungkook poderia fingir ter, que era a de 3 anos, aproximadamente. Um bebê grande. 

Então o ruivo se apressou em abrir o notebook, pela quarta vez naquele dia, para pesquisar sobre como iniciar a prática, o que seria necessário, as vestimentas, o modo como deveria se portar e tudo o mais. Queria surpreender seu Dom. Mais do que tudo, queria agradá-lo. Estava envergonhado pelo que fizera, ainda que não parecesse nada demais, realmente.

Assim que iniciou as pesquisas no site de buscas, viu imagens desconcertantes pra si. Como por exemplo, a imagem de um homem vestido com fraldas, mamando nos seios de uma mulher, como um verdadeiro bebê.

INCANDESCENTE | jikook • Abo • bdsmLeia esta história GRATUITAMENTE!