O pedido

383 18 0

No restaurante, todos sentamos em uma mesa só,conversa vai conversa vem,o Thiago parecia bastante interessado na Letícia e ela correspondia ,os dois eram tão tímidos e fofos,se olhavam,sorriam um para o outro,mais é claro tudo muito discreto pelo menos era isso que eles achavam.Passando das 22 horas David e eu resolvemos deixá-los  a sós,o David pediu a conta e avisou que nós já iríamos embora,Thiago disse que ia ficar mais um pouco e convidou Letícia para lhe fazer companhia,ela aceitou na hora.Viva!Meu plano deu certo!Sai com o David, chegando no carro lhe perguntei:

_Já vamos pra casa?

_Não

_E pra onde a gente vai?

_Supressa

_Ah não!Me dá uma pista?

_Não

_David!

_Calma você já vai descobri assim que chegamos lá,e quando chegamos vai valer muito apena.

_A gente já foi lá?

_Não vou dizer nada

_Me diz pelo menos se o lugar é bonito

_É incrível

Toda aquela historia estava me deixando mais curiosa, onde ele estava me levando? Eu ia gostar? O que ia acontecer quando chegássemos lá? Essa e outras perguntas me passaram na cabeça, e eu não estava mais aguentando de tanta curiosidade quando o David falou:

_Abre o porta-luvas e pega uma venda e coloca nos olhos.

_Não David, quer me deixar mais curiosa só que eu já estou?

_A gente já ta chegando, coloca logo a venda se não eu não te levo lá, coloca logo vai. Ele disse fazendo um biquinho de criança mimada

_Está bem. Abri o porta-luvas (que todo mundo guarda tudo menos luva),peguei a venda e coloquei nos olhos,confesso isso me deixo doida pra saber aonde a gente ia

_pronto chegamos!

_Posso tirar a venda?

_Ainda não, espera um pouquinho aqui que eu volto já.Ele saiu do carro,não sei pra onde foi,mais não demorou muito ele voltou abriu a porta que eu estava e segurou minha mão,me levou pra algum lugar e disse:

_Pode tirar a venda meu amor. Eu tirei na mesma hora

_Me trouxa pra um estádio de futebol?

_Não é um estádio qualquer, foi aqui que agente começou a namorar, lembra?

_Claro, como eu ia esquecer, mais me fala uma coisa, como é que os seguranças te deixaram, ou melhor, nos deixaram entrar aqui?

_Eu disse que tinha esquecido umas coisas aqui no ultimo jogo

_Não acredito que o segurança caiu nessa

_Ele não acreditou, mais eu falei pra eles que eu precisava te dizer uma coisa muito importante e tinha que ser aqui

_O que?

Nessa hora ele se ajoelhou, pegou minha mão, olhou nos meus olhos e começou a falar:

_Émi eu nunca tinha conhecido alguém como você, com sua simplicidade, com sua determinação, com seu sorriso encantador, enfim com seu jeito lindo de ser, você é linda por dentro e por fora, eu quero acordar todos os dias do seu lado. Você quer casar comigo?

_Sim.Eu disse com voz rouca,meus olhos estavam cheios de lagrimas e os dele também,David se levantou e me beijou, tudo ia bem até eu lembra._Espera um pouco,e sua mãe?

_Eu liguei pra ela hoje mais cedo,ela me disse que eu era muito novo que precisava viver mais,só que eu disse pra ela que não adiantaria viver se não fosse com você do meu lado,então ela não teve escolha(ele soltou uma risadinha) e abênçou o nosso casamento.

_Eu nem acredito,a seis meses eu estava desempregada e solteira,hoje estou aqui com meu homem e tenho o melhor emprego do mundo, Deus não poderia ter me dado nada melhor.

_Seu homem? Então posso te chamar de minha mulher?

_Pode.Eu sorri

_Sabe eu sempre quis fazer uma coisa contigo

_O que? Ele veio na minha direção,colocou as mãos na minha cintura e me fez cosquinhas, eu não estava mais me aguentando de tanto rir e falei:

_Para David. Eu conseguia falar, ele me deu uma trégua e disse

_ Se você consegui me pegar te deixo bagunçar meu cabelo

_Fechado.

Ele começou a corre no campo e eu atrás dele, óbvio que eu não o alcancei, mais nos divertimos muito no estádio,já era tarde cerca de 1 hora da madrugada,resolvemos dar uma volta pelas ruas de Paris,deixamos o carro lá perto do estádio,paramos em uma praça bem longe de onde estávamos,sentamos em um banco e eu perguntei:

_Deixa eu bagunçar seu cabelo vai? Eu corri muito atrás de você. Eu disse fazendo biquinho

_Ah não, não foi esse o nosso combinado

_Por favor? Fiz cara de criança triste

Ele deitou no banco, colocou a cabeça no meu colo e fechou os olhos, eu comecei a brincar com aquele cabelo lindo, era tão macio, eu precisava perguntar qual shanpoo ele usava, depois de algum tempo o celular dele tocou, ele atendeu e deixou no alto falante:

_Alô, que manda Thiago?

_Cadê minha prima?

_Ela ta aqui comigo, a gente ta na praça...

_Eu quero ela em casa, amanhã ela tem trabalho e você treino

_Ta bom, já vou levá-la relaxa cara

_To te esperando viu?

_Fica frio. Ele desligou o celular_ Temos que ir Émi

_Ta legal. Eu disse bocejando

_Vem cá eu te levo até o carro.Ele disse me pegando em seus braços

_Não precisa David, a gente ta longe... E eu sou pesada.Eu disse com voz fraca,não tenho culpa estava muito cansada

_Imagina.Ele começou a andar e nisso eu acabei dormindo.

Será que o amor vira o placar?(uma historia de amor com David Luiz)Leia esta história GRATUITAMENTE!