Capítulo 38

9.4K 845 759

 

Uma semana tinha se passado desde o incidente do chuveiro, como Harry gostava de chamar. Não que ele gostasse de falar sobre isso. Ele mal conseguia se lembrar. Quando ele tentava voltar a viver aquele momento, ele só sentia medo.

Mas depois do medo, vinha algo maravilhoso. Algo que o deixava sem fôlego, da melhor forma possível.

Louis era o anjo perfeito de Harry.

Harry estava quase feliz pelo incidente do chuveiro ter acontecido, porque se não fosse, ele poderia não ter compartilhado aquele momento especial com seu namorado no mesmo dia.

Namorado.

Só essa palavra já enviava calafrios pela sua espinha. Ele ainda não conseguia acreditar que Louis queria estar com ele como mais do que apenas amigos. Claro, eles tinham compartilhado alguns beijos especiais antes de falarem sobre ter um relacionamento, mas Harry nunca pensou que fosse digno de ter alguém como Louis para ser seu namorado.

Havia muitas coisas sobre Louis que Harry percebeu desde o inicio. Louis não era difícil de notar, realmente, e Harry nunca pensou que tivesse um tipo, mas Louis é tudo o que sempre achou atraente combinado em uma só pessoa.

Louis era menor do que a maioria dos garotos, e Harry lembrava de que essa foi a primeira coisa que notou quando o viu no corredor da escola pela primeira vez. Harry não era a pessoa mais alta do mundo, então ele gostava do jeito que Louis se inclinava para beijá-lo, enquanto ele começava a puxá-lo para perto, envolvendo seus braços em torno do jogador de futebol.

Depois, há o fato que Louis era forte. Harry ainda lembrava de vê-lo no vestiário, lutando contra o saco de pancadas. Seus músculos pequenos, mas bem definidos, expostos enquanto o suar deixava brilhante sua pele dourada. Ele amava os músculos nos braços de Louis; braços que o envolviam quando tinha algum pesadelo, trazendo mais conforto do que Harry pensou que ganharia com um único abraço.

Louis era agitado e barulhento, e Harry não conseguia tirar os olhos dele, como uma mariposa que o atraía. Ele gostava da verdadeira personalidade de Louis, aquela mostrada quando estavam a sós em seu quarto. Harry adorava o cabelo macio e sedoso que seus dedos constantemente encontravam quando estavam sozinhos, fios escapando por entre os dedos, torcendo-os ao redor, enterrando as mãos neles quando Louis o beijava.

Louis era amável e gentil, apesar de seu passado terrível. Um passado que só o prova quão forte ele é. O fato dele ter feito tanto progresso em um curto espaço de tempo espantava Harry. Era capaz de ajudar Harry quando seus próprios demônios o faziam ter momentos difíceis. Ele era uma mão reconfortante nas costas de Harry, coxas pressionadas uma contra a outra apenas por uma questão de toque, um braço em volta de Harry para mantê-lo perto. Com Louis, as coisas eram simples; eles eram como duas peças de um quebra-cabeça que se encaixam perfeitamente. Porém, nenhumas dessas coisas se compravam a fazer Louis rir. Quando Louis estava verdadeiramente feliz, realmente rindo, ele apoiava todo o seu corpo em cima de Harry. Jogando a cabeça para trás, com os olhos brilhando. Era a melhor vista, a mais cativante que Harry já havia visto. Louis era a pessoa mais incrível que Harry já conheceu. Ele tem sido seu namorado por apenas uma semana, mas parecia que eles estavam juntos desde sempre.

Harry estava sorrindo pensando no outro garoto. Ele tinha uma caneta na mão enquanto se sentava em sua mesa, fazendo algo que não fazia há algum tempo; compor.

Normalmente as canções que ele escrevia eram sobre seus agressores, colocando para fora quando não cabia mais em si.

Mas a musica que ele estava trabalhando no momento era sobre o menino que atualmente o fazia sorrir.

More Than Meets The EyeRead this story for FREE!