Meus Olhos 2 - Capítulo 03

3 0 0

Como esperava, os rumores seguiram Eliza para onde quer que fosse. No instante em que se juntaram ao fluxo de estudantes entrando na escola, todos olharam para elas ao menos uma vez. Não ajudou o fato de que seus colegas abriram espaço e deram os holofotes ao casal no corredor lotado.

Para sua surpresa, aquilo não a incomodou tanto quanto pensou que incomodaria. Acho que tudo que passei no primeiro semestre foi um bom treino pra isso... Ou talvez a Bianca tenha razão... Não consigo me focar em nada além do fato de que estou usando a calcinha molhada dela...

Lembrar daquilo só a fez corar.

Mas Eliza sabia que, ainda que não tivesse trocado de calcinha com sua namorada pervertida, haveria algo a impedindo de ser completamente afetada pelo clima.

Não acredito que ela não soltou... eu fiquei tão preocupada que nem notei até ser tarde demais, pensou a garota, olhando para as mãos delas.

Bianca segurava sua mão e parecia ser a menina mais feliz na face da terra.

Eliza parou de ligar para qualquer coisa quando o rumor do casal lésbico ter chegado de mãos dadas se espalhou pela escola numa velocidade inacreditável.

Agora que todos já sabem que somos um casal, não parece que vai dar em nada ruim por enquanto... mas é a incrível que a Bianca consiga cantarolar e sorrir assim com todo mundo olhando pra gente... Queria ser assim também, pensou Eliza, com uma mistura de raiva e inveja.

Bianca e seu grande sorriso pareciam imunes a qualquer coisa ruim enquanto estivessem de mãos dadas.

Ainda bem que tenho ela... Com as maçãs do rosto levemente coradas, Eliza apertou aqueles firmes e delicados dedos.

Elas finalmente terminaram a longa caminhada e chegaram até a sala delas. Mas os rumores só aumentaram. Ou talvez eu só consiga perceber as pessoas falando de mim em um espaço fechado desses... ei, pensando pelo lado positivo. Ao menos não estão falando abertamente na gente... é uma melhora... acho, pensou Eliza, rindo secamente em sua cabeça.

Apesar de todos sussurrarem sobre elas, ninguém falou com o casal diretamente. Só após sentarem no fundo, perto da janela, que alguém veio falar com as duas.

— Eu falei que isso ia acontecer... mas você não me ouviu — disse Raísa, a melhor amiga de Bianca. Ela puxou uma cadeira sem dono e sentou perto de Eliza.

— Eu lembro — disse a ruiva, assentindo devagar.

— E ainda parece estar pouco se lixando.

— Não dá pra chorar sobre o leite derramado! — Bianca deu de ombros.

Raísa encarou a amiga com uma expressão vazia por um instante. Depois ela soltou um suspiro cansado.

— Eu sabia que você era uma idiota, mas pensar que faria isso com a Eliza e ficaria com esse sorrisinho no rosto... ao menos reflita nas suas ações...

— Ela nunca pensa na situação... só age por impulso... — Eliza mostrou um pequeno sorriso.

— Imagino que sim... Sinto muito pelo comportamento imbecil da minha amiga idiota... — Raísa abaixou a cabeça enquanto cruzava os braços.

— Infelizmente, estou acostumada já...

— Isso não é bom...

— Calma lá. Desde quando vocês duas são tão próximas assim? — perguntou Bianca, olhando para a amiga e depois a namorada. — Eu não fiquei sabendo de nada disso!

Meus Olhos EnxergamLeia esta história GRATUITAMENTE!