Vida escrava...

2K 259 40

Aretha*

Se arrependimento matasse eu estava morta, dura e fedendo nesse chão sujo e frio do centro de Seattle..

Por que eu tenho que ser tão cabeça quente?

Agora como consequência tenho que trabalhar dobrado.

Ando de um lado para o outro seguindo a risca tudo que esta escrito nesse maldito aparelho.

A única parte boa é que olhando o valor que eu "receberia" por esse serviço, logo minha divida estará paga..

Só espero aguentar a jornada dubla..

Ajeito mais uma vez os cabides em meus braços e indireito a bandeja com o capo de café daquele projeto de Viking moderno.

Onde já se viu, um juiz cabeludo daquele jeito?

Não que eu seja preconceituosa, mais é a primeira vez que eu vejo um assim.

Sempre são aqueles velhos, de cabelos brancos e cara enrugada...

Não um baita homem daquele, barbudo e de cabelos longos, que parece ser bem macios..

Sera que ele me diria qual shampoo ele usa?

Bom, acredito que não, já que ele não vai nem um pouco com a minha cara..

Falando nisso, ele chegou me apressando tanto que não tive tempo nem de passar uma base no rosto..

Estou parecendo um fantasma, sardento andando pela rua.

Passo pela grande e imponente portaria do hotel onde o digníssimo esta hospedado e sigo sem interrupções para o elevador..

–Cobertura... Quanta surpresa..

Murmuro ao apertar o botão de seu andar no painel luminoso..

A porta logo se abre e usando do cartão chave que peguei (le-se, fui obrigada por que ele não quis emprestar a dele) na recepção, abro a porta do quarto..

–Querida.. Cheguei!

Sim, estou sendo sarcástica..

–Demorou, achei que tinha ido plantar o café e esperado para colher..

Fecho ainda mais a cara e me viro,mais o que vejo me faz travar no lugar e minha boca secar imediatamente..

O senhor Juiz está apenas de calça de moletom pendendo em seu quadril com o tronco totalmente nu.

O senhor Juiz está apenas de calça de moletom pendendo em seu quadril com o tronco totalmente nu

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

–A..A cafeteria onde fui buscar esse bendito café é do outro lado da cidade, não faço uso do pó de Flu*,  para parar direto lá..

Consigo dizer e praguejando mentalmente por gaguejar no início.

–Gosta de Harry Potter?

Pergunta curioso mudando totalmente a feição me tirando to torpor ..

A Garota do café Onde as histórias ganham vida. Descobre agora