Vida nova

23.4K 727 78
                                                  

Olá, meu nome é Cristina, mais sou chamada de Cris, tenho 19 anos e moro em São Paulo. Meu pai é bem legal, depois que minha mãe morreu ele começou a me compreender mais, eu acho que é para nn sentir tanta falta dela. Bem, nn funciona, mais deixa ele pensar que sim.
Vamos falar de coisas mais interessantes, eu e meu pai vamos nos mudar para o RJ, ele por trabalho e eu pq quero ficar com ele.
Não ligo das pessoas falarem que sou mimadinha e etc porque sou mesmo, mais n pisa no meu calo, a questão sobre mim é que nn tenho pavio curto, nem pavio eu tenho.

AHHH e antes que me esqueça, tenho uma pessoa pra apresentar, Milena, mais adivinham como chamo ela....Mih♡

Ahhh, pensei que nn ia falar de mim.
Se nn falasse vc mesma falaria.
É tão bom saber que vc me conhece tão bem.

Pai; Ta pronta?-fala entrando no meu quarto.

Eu; Quase-falo terminando de colocar meu álbum de fotos na bolsa-Vamos?

Pai: Bora-fala e saimos.

Fomos direto para o carro, o caminho todo ate o aeroporto foi conversamos, temos ate que bastante assunto.

Pai; Vc tenta nn arrumar briga la ta?

Eu; Vou fazer o possivel.

Pai; Cris!

Eu: Pai é só ninguem me irritar, eu sou da paz ue.

Pai: Tenta ta?

Eu; Ok, vou tentar.

O voo ate que foi bem relaxante, tirando as partes que meu pai ficou falando pra me comportar.

Eu; Chegamos? Já?

Pai; Sim!

Eu; Ainda bem-falo saindo.

Nos colocamos as malas no carro e fomos ate a nova casa, que é ate que bem bonita por sinal.

Eu; Vou ver meu quarto-falo subindo a escada.

Pai; Vem aqui antes!-fala e eu desci, e parei na frente dele-Qual é a nossa regra?

Eu; Nada de drogas, e transar com proteção

Pai: Tá, mais vou adicionar mais uma.

Eu; Mais? Pai já tem muitas.

Pai; Cris, é só mais uma rlx.

Eu; Ok, diga.

Pai; Nn quero te ver perto de nenhum dos morros do RJ.

Eu: Sabia que isso só da mais vontade de ver?

Pai; Por favor! É perigoso.

Eu; Eu vi na tv vindo pra ca, teve tiroteio esses dias pai, eu nem vou chegar perto.

Pai;Obg, agr pode ir.

Eu; ok bjs-falo dando um beijo no rosto dele e subi pro meu quarto.

O MORROOnde as histórias ganham vida. Descobre agora