ɪᴠ. Rᴇᴠɪᴅᴇ E Jᴀᴄᴛâɴᴄɪᴀ

182 41 41

O chão de sua terra

Fabrica-se aonde decidi pisar

Pequenos atritos, cósmicos conflitos

Sete vozes ecoam meu desejo de reinar


Meu passear provoca decessos

Sete eus, setes você

Compenetrados por sangue em desconjura

Mesmo antes de nascer


E quando eu me tornar o que esperas

Seu dia começará a anoitecer

Sussurro transfigurará em avalanche

Soterrará eu e você


Somos inconsequentes, abençoadas pela canícula do fogo

Que faça todo o pecado queimar

Desde minha pele até o último osso

De quem ousar me confrontar

N. Kennett e E. Bathory

Haresis DeaOnde as histórias ganham vida. Descobre agora