O que sabe de tudo.

16 9 1

Ana Luísa

São informações demais. Como ele sabe de tudo? O que é pródigo? Prodigio? Não sei o que é. Não sei e ele não me fala. Ele manda me levar. Levar pra onde? Ainda to na maca. Presa numa camisa de força que deixa meus braços dormentes e meu ombro doendo. Parece que vai sair do lugar! Não deixa meu braço sair do lugar!
O homem sabe. Ele sabe de tudo. Eu sei que ele sabe de tudo. Ele me contou que sabe. De tudo!! Nem eu sei de tudo. Ele sabe. Colocaram eu num quarto, um quarto com uma beliche. Eu fui presa. O Boné mandou me prender! Eu não podia ter confiado no Boné
Eu sabia! Sabia que eu não podia confiar. O cara da cara esquisita sabe das coisas... Por que ele usa terno e gravata? Ele é alguém importante. Importante e cheio de cicatriz. Marcado de coisas que sabe demais, por isso vai embora. Sai do meu quarto rindo. Doente. Louco.
– Ele é alguém que sabe de tudo.
Isso!! Ele sabe de tudo!! Ele que mandava me espionarem! Era ele! Ele sim! Ele me prendeu depois de me espionar! Ele é o chefe da organização. É o chefe daqui. Ele quis me trazer pra cá. Ele quis por que? Ele quis para fazer experimentos comigo!
Vocês não vão fazer experimentos comigo!! – Berrei.
Bati na porta com força. Eles não vão! Bati de novo. Eles não vão pegar partes de mim! É pra isso que eles querem! Querem meu corpo! Querem experimentar meu corpo! Experimentação de corpo! Expericorpus!! É a palavra chave! Expericorpus sempre foi!
Bati ate sangrar a mão. Eles não vão poder usar minha mão! Sorte minha! Está machucada. Eles não querem corpo machucado. O que "Sabe de tudo" sabe disso. Ele sabe e mandou ela voltar. A que me xingou! Filha da puta!! Não gosto dela! Sentou na minha cama! Puxei ela pela roupa e joguei no chão. Senta no chão, vagabunda!! Não vai ficar na minha cama!! Sentei no lugar que ela tava. Ela vai entender que é meu. Levantou e ficou em pé, entendeu. Não vai mais tomar meu lugar. Esse é o meu lugar na cama!
Ana Luisa, você sabe onde você tá?
Num quarto. – Obvio! Além de vagabunda é retardada? Ou pensa que eu sou retardada? Ou é parte das perguntas para me analisar. Ele sabe de tudo. Ele vai me analisar para saber mais de tudo. Super sabedor de tudo.
Você está num hospital. Um hospital que trata de loucos. – Loucos? É assim que chamam aqueles que sabem demais? Então 'aquele que sabe de tudo' também é louco. O chefe é louco. – Você lembra o que aconteceu?
Não respondi. Eles querem as partes de mim. Não vou dizer nada para o que já sabe de tudo. Pra que ele quer saber se já sabe de tudo? Ela espera. Ela espera até se irritar.
Eu não tenho o dia todo. – Dei de ombros. Não quero dizer. Eu sei por que me trouxeram! É claro que eu sei!
O 'sabe de tudo' mandou que eu viesse e vocês, soldadinhos trouxeram. Agora tudo vai acontecer. Ele sabe de tudo. O chefe sabe. – Ela olha interessada. Fingida. Mentirosa! Claro que sabe. Ela faz parte disso. – Sai daqui.
Nós estamos conversando. Não vou sair. – Nós não estamos conversando. Ela que tá falando. Ela cruza os braços para mandar informações para o que sabe de tudo. Ele mandou que ela dissesse isso, os dois poderiam ser um só. Eu enxergo ele nela, eu sei bem que está lá!! Preciso apagar isso da mente dela. Ela pode separar dele ainda. Soldadinho. Soldadinho ainda pode separar dele. Soldadinho de chumbo. Soldado de Vidro. Tudo foi soldado. Como uma solda. Solda bem soldada. Ela pode des-soldar!
Vou separar os dois! Vou agora. Puxo ela. Puxo ela de cima dele. Ela não é ele. Puxo com força até ela pedir ajuda. Puxei pelo cabelo para ele sair dela. Por cima deve sair. ELA ESTÁ GRITANDO PORQUE NÃO QUER QUE ELE SAIA!! Não posso parar de tirar ele!! Não posso parar!! Me soltem!! De onde eles vieram?! O que sabe de tudo mandou! Mandou os caras de branco virem me tirar. Parar de tirar ele dela. Tirar ele dela é difícil e fez ela sangrar. Eu bati para ela ficar quieta e eu conseguir tirar. Eu bati mesmo. Não me importo de ficar suja de sangue. Não tem problema bater ela no chão. Foi para tirar ele dela.
Eles me prenderam na cama com fitas. Prenderam de uma forma que não sei soltar. Tento morder ela. Tento muito morder ela. Ela fez isso para me prender!! Vai passar tudo para ele que sabe de tudo. Ela que era soldada nele. Ele sabe mesmo de tudo! Tudo é muita coisa. Passam um pano na minha boca. Não posso morder. Nem falar. Isso incomoda a boca.

Back to the IslandWhere stories live. Discover now