🍸 Combustível: sex and fury 🍸

398 105 234

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.


Lábios encontram dentes e língua

Meu coração salta oito batidas ao mesmo tempo

Se estivéssemos destinados a ficar juntos,

 já estaríamos agora

Veja o que você quer ver, 

mas tudo o que agora vejo é ele

Watch | Billie Eilish


LUCCA


Eu não estava exatamente zangado com a minha praguinha, eu estava mais para chocado com a situação. Quer dizer, eu não esperava que a senhorita Mayer realmente fosse arruinar a festa que tinha sido planejada durante mais de dois meses. Muito menos que o faria justamente no dia em que eu pretendia apresentá-la para minha mãe.

Ainda menos que o faria de uma forma tal que toda a festa precisasse ser cancelada. Por que, quando eu ouvi a discussão das duas, embora eu estivesse pronto já sabendo que algo ia acontecer, não podia imaginar que veria uma catástrofe prestes a acontecer.

Ingrid estava empurrado Eleale na piscina, e os dois braços de Eleale buscaram algo para se apoiar. Um deles pegou Ingrid e o outro pegou o tecido que estava ornamentando uma das estruturas montadas para proteger a área do buffet.

Então, assim que as duas caíram na piscina, eu só consegui correr para saltar na piscina e afastá-la do lugar onde a estrutura caia lentamente, embora os funcionários que serviam a festa estivessem tentando contê-la, era pesada demais.

Meu medo nem era exatamente de a estrutura cair na piscina, já que era grande e provavelmente iria ficar num ângulo que não permitiria que entrasse na piscina, era de uma delas ser ferida nesse sobe e desce da tentativa de afogamento.

Então, a próxima coisa que vi, depois de ter mergulhado na piscina, foi eu afundando a cabeça das duas e a minha para não sermos atingidos pela estrutura pesada.

Ainda sob a água, puxei as duas para a área onde não correriam o risco de se machucar e logo elas estavam sendo puxadas para fora da piscina pelas pessoas que vieram ajudar. Fiz o mesmo em seguida, olhando para a minha própria situação e percebendo que muitos dos convidados estavam indo embora. Realmente eu não conseguiria levantar o valor que esperava com tudo para meus projetos dessa vez.

— Vem comigo. – Disse tomando Ingrid pelo braço e levando-a para dentro da casa. Meu tom era sério, mas o aperto firme. Eu não podia machucar minha garota.

Entramos na casa e levei-a até o andar superior, mesmo que estivesse reclamando. Tomando cuidado para não fazê-la tropeçar, já que seus sapatos tinham ficado na piscina. Que os outros cuidassem de Eleale, eu não podia estar menos me importando agora.

INGRID MAYERLeia esta história GRATUITAMENTE!