❤ Amor ou obsessão? 💔

578 103 383

Você era vermelho e gostava de mim porque eu era azul

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Você era vermelho e gostava de mim porque eu era azul

Você me tocou e de repente eu era um céu lilás

Então você decidiu que roxo apenas não era para você

Colors | Halsey


Linda e eu estávamos no quarto de casal. Eu ainda não estava totalmente confortável ao lado dela, mas já podia ver que ela devia mesmo ser gente boa. Ouvi um pouco de sua história e só pude tirar uma conclusão.

Noventa por cento dos homens não presta.

Não digo que é metade por que não é não.

Quase que a totalidade dos homens não presta.

De todos os homens que passaram pela minha vida. Incluindo os da minha própria família, quase nenhum deixou uma lembrança boa para eu ficar na madrugada pensando "Poxa, aquele cara ali... Ele presta".

Meu irmão é um ser humano terrível. Chad só podia usar calcinha escondido, por que todo semana era uma diferente. Meu pai era legal, muito legal, mas não teve pulso firme com meu irmão e deu no que deu.

Agora, ouvindo a história de Linda, que ela começou a contar mesmo que eu não tenha perguntado, começo a me simpatizar com ela.

Empatia é a palavra.

Jamais que eu iria querer que uma mulher ficasse sofrendo o mesmo que eu sofri por causa de um cacete, por mais bonito que fosse, por mais exuberante que fosse, no mesmo ambiente que eu.

— Ele é um ridículo, colega. Vida que segue. Vira a página do livro, arranca, joga fora ou limpa coco de cachorro com ela, mas não pensa mais nesse projetinho de homem.

Disse do cara que roubou todas as economias da poupança de Linda e simplesmente desapareceu no mundo. Reaparecendo meses depois pobre fudido e com doença venérea.

— Você tem razão, mas é difícil perder alguém que se ama.

— Difícil é perder o dinheiro do lanche, comédia.

Linda balançou a cabeça e continuou dobrando as roupas dela antes de colocar no closet duplo. Eu estava fazendo a mesma coisa, só que minha preocupação era diferente.

Eu estava montando uma combinação mental para usar à noite com Lucca. Ainda não sabia para onde iríamos, mas tinha pesquisado muito blog na internet e copiado um pouco alguns looks do Pinterest, então estava tranquila em relação ao que usaria.

Mas a curiosidade matou o gato, já diz o ditado.

E eu estava completamente, loucamente, inevitavelmente, louca para conhecer o hotel, os pedacinhos minúsculos de areia que eles chamavam de praia e as coisinhas mais que tinha por ali.

INGRID MAYERLeia esta história GRATUITAMENTE!