7.3 || INSTAGRAM

371 12 4

ANTES P.O.V

-Você gosta de mim não é?- ele já estava ali a uns 30 minutos beijando cada parte do meu corpo e eu estava tão enojada.

Ele dizia coisas e conforme cada resposta ignorante de minha parte ele resolveu tapar a minha boca novamente, o que me causou mais desespero e então saiu daquele cômodo.
Eu sabia que Justin chegaria e eu rezava pra isso, sabia dos riscos que corria, tinha medo do que poderia acontecer, queria estar nos braços do meu namorado, me sentir segura de novo o mais rápido possível.
E foi então que eu ouvi um estrondo e Matthew correu até onde eu estava.

-VOCÊ LIGOU PRA ELES?- ele berrou e puxou forte meu cabelo. -VOCÊ LIGOU PRA ELES ANGELINA?- eu mal me mexia.- ÓTIMO, VOCÊ ESCOLHEU ISSO!- e então para meu total desespero ele puxou um revólver prateado de sua cintura.

Eu queria gritar dizer a eles para irem embora, mas não podia.
Matthew desamarrou rápido meus pés da cadeira e me ergueu pelo cabelo apontando a arma em direção a minha cabeça e com o outro braço em volta do meu pescoço, minha boca ainda estava amarrada e ele me arrastou até o meio do galpão na tentativa de fugir.

-FIQUE PARADO AI!- alguém disse e ele nos virou.

Ryan um amigo de Justin apontava sua arma para Matthew a distância.
Vi Justin logo atrás dele e Matthew abrindo um sorriso ao vê-lo, eu tremi.

-Cheguem perto de mim e eu mato ela!- ele disse calmo e acreditem ele sorria.

-Matthew solta ela, ela não quer ficar com você, se realmente a ama sabe que ela não merece isso!- Justin disse atrás de Ryan e meu coração palpitou.

-CALA ESSA BOCA, ela não ama você, você não a merece, eu mereço, eu tinha ela até um bostinha feito você tirar ela de mim! ELA ERA MINHA!- ele estava descontrolado e apertando a arma em meu crânio, eu só conseguia chorar.

-Matthew solta ela, a gente pode conversar civilizadamente, nada precisa ser assim, você não precisa disso!- Ryan disse ainda apontando a arma.

-Manda ele vir buscar ela então!- Matthew riu se referindo a Justin.

Meu coração gelou eu sabia o que ele queria e ele não podia.

Justin burlando as ordens de Ryan se colocou passos a nossa frente e Matthew apontou a arma em sua direção o que me fez congelar, uma corrente elétrica passou por tudo meu corpo, o pânico me atingiu.

-Obrigada por facilitar pra mim!- Matthew sorriu.

E tudo ficou em câmera lenta, Matthew disparou, o bala ia em direção a Justin e como um flash saindo de não são ao certo onde Emilly se jogou em frente ao Justin, a bala a atingiu, eu queria gritar.

-NÃO!- Matthew gritou e caiu no chão me soltando e Ryan correu em sua direção.

Justin estava em cima de Emilly tentando fazer alguma coisa, corri o mais rápido que pude até lá, tirando o esparadrapo da boca e em lágrimas, me joguei ao lado do corpo de Emilly, Justin me segurou forte e nos tentávamos ajudar ela.

-Eu amo você Angel, você sempre vai ser minha melhor amiga!- ela disse com lágrimas nos olhos. -Eu não podia te deixar na mão nessa hora!- a voz dela estava fraca.

-Amiga fica comigo, eu amo você!- eu disse e ela fechou os olhos.

Reforços chegaram após isso.
E tudo que eu me lembro depois disso foi de uma escuridão me atingindo.

INSTAGRAM - JBLeia esta história GRATUITAMENTE!