Sentimento Agridoce

50 2 0

Yoojin

- Você está me devendo.

Interrompo meus passos e fico imóvel segurando a maçaneta da porta da minha sala. Uma olhada ao redor me garante que havia sido comigo então olho para minha secretária a portadora da minha suposta dívida.

- Eu? O que eu fiz?

- Você esqueceu completamente o lance da máscara, não é? Quem você acha que teve que pagar sua multa enquanto você estava doente?

Engulo em seco ao ouvir sobre aquilo novamente. Meu Deus, eu só queria vir ao trabalho em paz, sem precisar ouvir ou pensar sobre aquele dia. Tomo uma respiração mental e contenho uma lembrança do Shownu usando a máscara que teima em se espreitar na minha mente e me aproximo da Bomi.

- Bomi-ya... - É por isso que você é a melhor secretária do mundo! Pode transferir o dinheiro da minha conta para a sua. Aliás, você podia ter transferido sem gastar o seu dinheiro, meus dados bancários estão com você, não é?

- Sim, e eu teria feito se você atendesse o celular. Tudo bem com você? Parece meio abatida.

Forço um sorriso convincente. Meu sorriso de trabalho. Tentando evitar aquele assunto com ela ou qualquer outro.

- Sim, esses dias em casa me fizeram ficar recuperada 100%. Eu vou para minha sala, se o Sr. Park aparecer diz que preciso falar com ele sobre a reunião da semana que vem.

- Okay... Ah, tem um recado para você colado no seu computador.

Agradeço e entro na minha sala. Deixo meu casaco no armário junto com minha bolsa e respiro fundo. Primeiro dia de volta e finalmente uma chance de fazer tudo dar certo dessa vez. Sem pensar mais em Shownu. E se a Bomi deixasse, sem pensar mais em máscara. Sacudo a cabeça afastando mais uma lembrança que tenho certeza me deixaria em pedaços se eu a permitisse aparecer por completo agora que estava sozinha, e sento na minha cadeira tirando o post-it que estava colado na tela do computador.

“Jantar hoje por minha conta? Tenho que comemorar. Jungso.”

Leio e encosto na cadeira como se não estivesse no meu local de trabalho, mas sim em casa comendo sorvete no sofá. Olho novamente o post-it e contenho uma vontade significativa de chorar. Porque eu apenas não gostava do Jungso? Era tão mais fácil estar perto dele, aceitar as investidas, sair para jantar como um casal simples e fácil. Porque eu fui escolher o pior cara da Coréia para me envolver? Choramingo e bato os pés em completa meninice antes de me ajeitar na cadeira me aproximando da mesa e pegar o celular para mandar mensagem para o Jungso.

Me pego escrevendo e apagando mensagens por 5 minutos seguidos. Em algumas dizendo que podíamos ir, e que eu queria comer carne de verdade. Em outras negando como sempre. Respiro fundo olhando a tela em branco e o ponteiro piscando por algum tempo agora antes de decidir dizer o de sempre “Hoje não”. Ainda não era hora, eu sentia que podia cair no choro se saísse com ele e isso seria definitivamente um erro. Ouço uma batida na porta e olho para ver a Bomi entrar.

- Já recusou o seu convite?

- Você me conhece bem – digo sorrindo – Sim, precisa de algo?

- Uhum... Noite das garotas. Ainda não decidimos se noite do pijama ou sair para beber. Vamos? Sua cara não nega que você precisa de uma saideira seja de sorvete ou de soju.

- Acho melhor não. Mas obrigada.

A Bomi dá de ombros e sai da sala. Ela sabia qual seria minha resposta desde o começo. Passo a manhã inteira absorta em trabalho com algumas pequenas ocasiões em que era obrigada a amassar um papel ou outro todas as vezes que lembrava do Shownu. Era bom que minhas lágrimas estivessem se transformando em raiva. Se eu bem me conhecia era meu primeiro estágio para superar. 

Série Máscara - Fated - A Shownu Fanfic (Livro 1) [EM REVISÃO]Onde as histórias ganham vida. Descobre agora