Cap 125- AAI MINHA MAO

Começar do início

Vih- Ue e ela vai pra onde?

Eu- Pro céu né Vitoria.

Vih- Aé.

Eu- A gente ta indo pro aeroporto tentar pegar as malas dela,se quiser amanhã voce e as meninas podem ir ver ele no hospital perto do aeroporto.

Vih- Ah eu vou sim.

Eu- Tabom.

Vih- My eu vou ter que desligar por que o Fera ta tentando comer o tapete.- Ela diz rapido e desliga.

Chamada finalizada

Eu- Amor voce não acredita.

Gustavo- O que?

Eu- Vih ta gravida.

Gustavo- Nossa parabens pra ela.

...

Conseguimos pegar as coisas que estavam no aeroporto,colocamos no carro e fomos pro hospital mas como eu não sou obrigada a ficar com fome paramos num Bk.

Gustavo- Acho que a gente deveria ter pensado mais.

Eu- Sobre o que?

Gustavo- Sobre praticamente adotar uma criança.

Eu- Voce nao queria?

Gustavo- Nao agora... Acho que tinhamos que esperar mais um pouco,a gente é muito novo.

Eu- Voce ta brincando né?

Gustavo- Nao.

Eu- Serio isso Gustavo? Voce nao entende? Gustavo a Leila tem pouco tempo de vida,ate ela sabe que vai morrer,o Guto e a Thamires estão mortos,essa criança não tem ninguem a não ser a gente. Não é pra adotar uma criança como se fosse de um orfanato,ele não tem opção,eu nao vou deixar ele ir pra um orfanato sendo que ele tem familia,eu sei que eu vou me arrepender se eu não cuidar dele,ele vai pra minha casa sim,eu to cagando se eu sou nova demais pra isso ou não.- Eu levanto e saio dali pegando o resto do meu lanche.

Saio para o lado de fora e logo Gustavo sai e vem até mim,sabe aquele momento que voces nao dizem nada,Gustavo me olhava mas nao dizia nada e eu entendia tudo que ele falava,seus olhos diziam mais do que sua boca seria capaz de dizer,foi o pedido de desculpa mais incrível que ja vi,nao teve palavras transmitidas por nenhum de nós,um sabia o que outro dizia apenas olhando um ao olho do outro,ele passa a mão pelo meu rosto e eu fecho os olhos sentindo seu toque,abro oa olhos devagar vendo o homem por quem me apaixonei me olhando,ele beija minha testa e eu o abraço.

Gustavo- Desculpa por ter sido idiota e só pensar em mim,eu não queria que voce perdesse sua juventude... Eu não queria te ver presa cuidando de um filho tao cedo.

My- Nao tem problema.

...

O medico nos levou ate o berçario,eu tava muito animada,entramos e fomos ate a encubadora dele,eu nao aguentei tive que tirar uma foto dele.

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!