Capítulo 32 - Hellen

111 12 6

Se você já é casado(a), sabe o quão extenuantes podem ser as semanas que antecedem a festa de casamento. Eu achei que fosse sofrer ainda mais com a proximidade do "sim", mas a verdade é que Deus continuou me surpreendendo, até mesmo nas minhas emoções! Ele me encheu de paz e tranquilidade, lembrando-me de que estava no controle de todas as coisas.

Uma das minhas maiores preocupações era com o meu vestido. Não via meios para comprá-lo. Todo o dinheiro que entrava logo "desaparecia", para cobrir outras despesas ainda mais urgentes! Minha sogra via minha aflição e ficava preocupada.

— Minha filha, faça um propósito com Deus, tenho a certeza de que ele ouvirá a sua oração. Ele é dono da prata e do ouro!

Eu sabia, tinha a certeza de que Deus poderia realizar o desejo do meu coração, por isso segui o seu conselho e fiz uma lista com todos os detalhes do vestido dos meus sonhos! Confesso que fiquei um pouco apreensiva, mas eu precisava confiar, e entregar nas mãos de Deus.

Por isso, em uma bela tarde, peguei uma folha de papel, e saí descrevendo para Deus o vestido do meu casamento.

Não sei quanto tempo se passou até que a última linha foi escrita. Dobrei cuidadosamente a folha, coloquei em um envelope lacrado, e levei comigo para o quarto. Ajoelhei-me ao lado da cama, e orei acerca da carta que escrevera. Conversei com Deus como se ele estivesse ali, do meu lado. Chorei e deixei que Ele lavasse e acalmasse a minha alma. Quando terminei, coloquei a carta embaixo do travesseiro e segui a minha vida, naturalmente.

Meus pais chegaram no fim do dia, e viram meus olhos inchados.

— Hellen, o que aconteceu? Você esteve chorando?

— Estava conversando algumas coisas com Deus, mamãe... — Sorri, mostrando para ela que estava tudo bem. Ela também não quis saber detalhes, meus pais sempre me motivaram a ter minha intimidade com Deus e a desenvolver uma amizade com Ele.

No dia seguinte, alguém tocou a campainha de casa. Eu estava terminando de me organizar para ir ao culto de doutrina, por isso minha mãe foi atender a porta.

— Hellen, alguém quer falar com você! — Minha mãe chamou, da entrada.

A princípio pensei que fosse o Marcos, mas me surpreendi quando vi uma irmã que não conhecia, esperando por mim na varanda da casa.

— A paz do Senhor, Hellen, tudo bem? — Ela me cumprimentou com um abraço.

— Amém, irmã. Tudo bem?

— Tudo sim, graças a Deus! Eu sei que você não me conhece, mas sou a irmã Ruth, e até ontem, eu também não a conhecia. Não se espante quando eu lhe disser que foi Deus quem me mandou aqui.

Sem conseguir disfarçar a minha surpresa, comecei logo a chorar. Sabia exatamente o que estava acontecendo, e me emocionei com a resposta de Deus em tão pouco tempo!

— Eu estava falando com Deus ontem à noite, conversando com Deus acerca dos meus problemas, quando ele me mostrou você. Eu desenho e costuro vestidos de noivas, e sempre que Deus me guia a fazer algo por Ele, não hesito em fazer o que ele me ordena. Por isso, foi com grande emoção que recebi um pedido dEle ontem à noite. Costumo dizer aos meus amigos que Deus também faz pedidos de vestidos, sabia?

"Havia um modelo novo no atelier, um modelo único, que eu desenhei e concluí a costura na semana passada. Costurei apenas para a vitrine, nunca pensei que alguém iria comprá-lo. Realmente, ninguém comprou, mas Deus pediu que eu desse a você."

Ela encolheu os ombros, como se não compreendesse o que o Senhor desejava, mas obedeceu.

— Minha filha, você já tem o seu vestido de casamento?

Liberdade - Uma história de amor e féLeia esta história GRATUITAMENTE!