6.9 || INSTAGRAM

345 7 0

JUSTIN P.O.V

Corri o mais rápido que pude até a casa de Emy, meu coração saltitando pela boca, uma angústia gigante se formando em meu coração.
Assim que cheguei bati na porta com toda força, meus braços e pernas tremendo, minha boca seca, eu estava em desespero.
A porta se abriu e me deparei com quatro olhos desesperados como os meus!

-Oi Justin!- Emy disse.

-Fazem 5 horas que ela sumiu vocês ligaram para a delegacia?- perguntei.

-Ligamos, eles disseram que não é desaparecimento antes das 24h!- Theo me respondeu.

-Ótimo!- disse e ri de pavor me sentando com as mãos emaranhadas nos cabelos.

-Vou tentar ligar pra ela de novo!- Emy disse já discando.

E para nossa surpresa no penúltimo toque o número atendeu, por alguns segundos senti certa esperança, até aquela voz falar!

-Estão atrás dela não estão?

-Matt o que fez com ela? -Emilly perguntou.

-Você sabe que eu nunca a machucaria Emilly, eu a amo!

-Se a amasse não sumiria com ela sem seu consentimento! -Theo disse.

-Estão todos juntos então!-ele riu adorando aquilo -Ela quis vir, ela me escolheu, VOCÊ ESTÁ OUVINDO JUSTIN? Ela não quer mais você! PAREM DE NOS PROCURAR! ELA É MINHA AGORA!- ele gritou.

-Ela nunca amou você, ela não nos deixaria! -falei exasperado. E então um grito agudo pode ser ouvido.

-SOCORRO!- era ela!

E assim a ligação se encerrou! Pude ouvir o desespero na voz da minha menina, da minha mulher, eu me apavorei, não estava lá para proteger ela, a mulher da minha vida estava em risco e eu não sabia o que fazer.

-Vamos pra delegacia!- Emilly disse.

-Como se não...- fui interrompido.

-Eu gravei a ligação!- ela disse.

-Essa é a minha garota!- Theo disse e a beijou, fomos pegando nossas coisas para ir a delegacia.

INSTAGRAM - JBLeia esta história GRATUITAMENTE!